Record

Mafra -União da Madeira: Mafra ganha nos penáltis

JOGO MUITO EQUILIBRADO

O Mafra, da II Divisão, eliminou o União da Madeira, da II Divisão, na Taça de Portugal, ao ganhar por 3-2, no desempate por pontapés da marca da grande penalidade.

O tempo regulamentar terminou empatado a uma bola, um resultado que não sofreu qualquer alteração nos 30 minutos de prolongamento. O jogo ficou marcado pela ação de protesto dos jogadores do Mafra, que entraram em campo com máscaras de protecção respiratória, devido à Federação Portuguesa de Futebol não ter permitido o adiamento do jogo apesar de um atleta do Mafra estar infectado com o vírus da gripe A (H1N1).

Num jogo equilibrado, o chinês Zhang inaugurou o marcador aos 70 minutos para a equipa da casa, enquanto Roger repôs a igualdade aos 80 minutos. A primeira parte do encontro decorreu a um ritmo morno, com o madeirense Ruben, aos 9 minutos, a protagonizar o primeiro lance de perigo, num remate de fora da área a roçar o poste, enquanto a primeira oportunidade da equipa da casa surgiu através de Tiago Almeida, aos 38 minutos, num remate de longe a passar junto ao poste. Na segunda parte as equipas entraram com vontade de vencer o encontro e protagonizaram diversas oportunidades de golo de parte a parte.

O chinês Zhang inaugurou o marcador aos 70 minutos, um golo que surgiu contra a corrente do jogo, depois de ter ganho uma bola dentro da pequena área, rematando com o pé esquerdo para dentro da baliza. A União da Madeira respondeu aos 80 minutos com Roger a "fuzilar" o guarda-redes do Mafra, quando, após a cobrança de um canto, ganhou a bola no meio da confusão da área e rematou para o fundo das redes.

No prolongamento o jogo foi marcado por uma toada lenta, com a única oportunidade a surgir aos 120 minutos, mas Inácio, isolado, permitiu a defesa do guarda-redes Serrão. No desempate por pontapés da marca da grande penalidade, Ruben, Steve e Roger permitiram a defesa de Juan Castro, enquanto que, pela equipa do Mafra, Zhang e Tiago Almeida não conseguiram marcar.

A grande penalidade decisiva foi convertida por Bonifácio, provocando uma explosão de alegria entre os adeptos do Mafra que assim para a quinta eliminatória da Taça de Portugal. Jogo no Estádio D. Mário Silveira, em Mafra.

Mafra: Juan Castro, Ruben, João Afonso, Alexandre (Abel Pereira, 90) , Zhang, Catchana, Bonifácio, Ivanir, Tiago Almeida, Kifuta (Hélio Vaz, 85) e J. Inácio.

União Madeira: Serrão, Tiago (Faneca, 31), Alex, Emerson, Divaldo (Julian, 74), Tony, Steve, Rúben, Jean, der (Roger, 60) e Roberto.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Taça de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

M