Record

Taça de Portugal: A lei do mais forte

NÃO HOUVE TOMBA-GIGANTES NA QUARTA ELIMINATÓRIA

SEM surpresas. Assim se pode definir, para já, a quarta eliminatória da Taça de Portugal. Salvos pequenas excepções, imperou a lei do mais forte nos encontros disputados no fim-de-semana. Com maior ou menor dificuldades, as formações consideradas favoritas seguiram em frente na competição.

O Benfica foi o primeiro a carimbar o passaporte para a ronda seguinte, vencendo no sábado, pela margem mínima (1-0), o Torres Novas. Domingo o Sporting foi a Gaia bater o Canelas, por igual marca. O FC Porto, por sua vez, teve aparentemente mais facilidades em nova deslocação à Madeira: despachou o Ribeira Brava, por 4-0.

A quarta eliminatória da Taça de Portugal marcou a estreia de equipas da I Liga. E duas ficaram já pelo caminho: o Belenenses, que perdeu em Faro (1-3), e o Marítimo, derrotado em Braga (1-2). E ainda falta saber o desfecho do embate entre Alverca e Boavista, adiado para 8 de Dezembro. O V. Guimarães, esse, é favorito na recepção ao Maia (disputa-se dia 24 deste mês).

Referência para o triunfo do Sp. Braga. A turma comandada por Manuel Cajuda por pouco não evitou a repetição da derrota de há duas semanas: esteve a perder, mas conseguiu dar a volta, chegando à vitória já perto do final dos 90 minutos. Sem dúvida, uma lufada de ar fresco na crise que assola os arsenalistas.

Quem também virou um resultado negativo foi outro aflito, o V. Setúbal, que, desta forma, evitou a surpresa. Na recepção ao Vilafranquense, da II Divisão B, os sadinos estiveram a perder desde muito cedo. Contudo, no prolongamento, o triunfo acabou por sorrir ao conjunto primodivisionário.

Pior sorte teve o Beira Mar, detentor do troféu. Os aveirenses saíram derrotados da deslocação a Albufeira, frente ao Imorta, último classificado da II Liga. Surpresa também em Paços de Ferreira, onde o Dragões Sadinenses obteve a qualificação para a quinta eliminatória da Taça de Portugal.

De referir, ainda, as estreias vitoriosas de Manuel José e Vítor Manuel no comando técnico de U. Leiria e Salgueiros, respectivamente. Os leirienses superaram (3-0) o Anadia, enquanto o conjunto de Paranhos venceu (1-0) o Lusitânia.

O quadro de equipas que vão disputar a quinta eliminatória ainda está incompleto, faltando apurar cinco formações. É que, além dos tais dois jogos adiados, há três desempates: Sp. Covilhã-Varzim, Moreirense-Barreirense e Portomosense-Amora.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Taça de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

M