Taça no sintético: Lesão grave do central Hugo em 2003

Piso de má memória para os leões...

• Foto: Pedro Ferreira

Estávamos a 23 de novembro de 2003 e o Sporting deslocava-se ao Estádio do 1º de Dezembro para disputar a 4ª eliminatória da Taça de Portugal, a primeira com equipas da 1ª Divisão nacional. Dias antes, questionava-se como o leão se iria adaptar ao relvado totalmente sintético do emblema de Sintra. Calçado diferente? Foi opção para alguns jogadores, mas o pior – aquilo que Jorge Jesus teme diante do Oleiros – acabou por suceder.

Ao minuto 24, o Hugo recebeu a bola de pé esquerdo, mas quando o apoia no chão, o central do Sporting "fez um esgar de dor", escreve Record na edição do dia seguinte. Diagnóstico: rotura total do tendão de Aquiles da perna esquerda, que só permitiu ao defesa regressar no final da época. Gomes Pereira, então diretor clínico dos leões, assumia que esta é "uma das lesões mais temidas" pelos futebolistas; Dias da Cunha, presidente do clube, não teve dúvidas: "A lesão deveu-se exclusivamente ao piso."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Taça de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.