Record

Trapattoni: «Pela primeira vez dou razão aos adeptos»

COMPREENDEU FINALMENTE OS ASSOBIOS DAS BANCADAS

Trapattoni: «Pela primeira vez dou razão aos adeptos»
Trapattoni: «Pela primeira vez dou razão aos adeptos» • Foto: João Trindade
Os poucos adeptos benfiquistas que se deslocaram ontem à noite, à Luz, voltaram a brindar a equipa com várias assobiadelas ao longo dos 120 minutos da partida frente à Oliveirense. Desta feita, Trapattoni reconheceu legitimidade a esse gesto.

“Tinha dito que tínhamos de entrar sem pensar que as camisolas ganham jogos, mas na primeira parte estivemos todos a dormir. Graças a Deus, despertámos na segunda parte”, referiu o técnico, acrescentando: “Não sei se houve presunção, mas pela primeira vez digo que os adeptos tiveram razão para assobiar os jogadores, já que tiveram bastantes insuficiências.”

E o treinador italiano garantiu que não foi por falta de aviso que a sua equipa sentiu tantas dificuldades para eliminar uma equipa da III Divisão. “Na palestra já tinha dito para terem respeito por todos os jogadores deles porque têm atitude e experiência, mas tivemos desatenções como, por exemplo, no lance do golo. Na segunda parte, entrámos com outra atitude, muita determinação e acabámos por merecer vencer”, afirmou o italiano, que considera ter havido razão para assinalar os três “penalties”.

No fundo, Trapattoni enalteceu uma ilação a tirar deste jogo. “Dei descanso ao Geovanni e ao Petit, mas esse não foi o problema. O problema foi a mentalidade. Não podemos encarar nenhum jogo assim, seja com adversários da III ou da IV Divisão. É uma boa lição para todos nós”, frisou.

Sem medo

O próximo jogo é com os leões, em Alvalade, mas Trapattoni não está preocupado com eventuais sequelas da péssima exibição produzida ontem frente à Oliveirense.

“De certeza que vamos ter outra motivação. Vão regressar um ou dois lesionados e a situação psicológica será diferente”, defendeu, prosseguindo: “É um ‘derby’ e não tenho medo da forma como os jogadores vão encarar esse encontro.”

Simão: «A perder o respeito»

“Apesar de termos vencido de forma folgada, a Oliveirense criou-nos bastantes dificuldades. Hoje em dia, os adversários começam a perder o respeito ao Benfica. Sofremos um golo, mas, felizmente, conseguimos dar a volta ao resultado e acabámos por ganhar, que era o mais importante. Seja como for, houve muito mérito da Oliveirense.”
70
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Taça de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

M