Futsal Champions League: Benfica-Sporting encerra Ronda de Elite em Lisboa

Promete ser a Ronda de Elite com maiores condições de segurança da história do futsal europeu

• Foto: Lusa

Promete ser a Ronda de Elite com maiores condições de segurança da história do futsal europeu. Porquê? Porque a presença de Benfica e Sporting no mesmo grupo desta fase da competição obriga a que o clube organizador, neste caso o Sporting, tenha de preocupar-se não apenas com a logística de um evento desta envergadura, mas também com a segurança de todos os intervenientes. Adeptos, em especial.

A título de exemplo, refira-se que, na época passada, quando os leões organizaram esta mesma Ronda de Elite, o intervalo entre o início do primeiro jogo e o arranque do segundo era de duas horas e meia. Este ano, o jogo da tarde começa às 14 horas e o da noite às 20h30. Objetivo: evitar que as claques de Benfica e Sporting se cruzem na entrada/saída do recinto. A exceção é a derradeira ronda, a 18 de novembro, na qual águias e leões medem forças, na luta por uma vaga na final four da primeira edição da Champions League de futsal.

A mudança dos jogos para a Altice Arena chegou a ser equacionada, mas, como revela Miguel Albuquerque, diretor-geral das modalidades do Sporting, "por respeito aos adeptos do clube", optou-se por manter a Ronda de Elite no Pavilhão João Rocha. "Pensámos muito nessa possibilidade e não tenho dúvidas de que estaria cheio, principalmente no último jogo, frente ao Benfica. Era fantástico do ponto de vista desportivo e também seria uma grande montra para o futsal português", salienta Miguel Albuquerque.

Por Pedro Filipe Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futsal

Notícias

Notícias Mais Vistas