Guardiã do Benfica assume tristeza por cânticos dos adeptos contra jogadora do Sporting

‘Deixa-a morrer, ela é lagarta’, ouviu-se quando a capitã das leoas recebia assistência da homóloga encarnada

• Foto: Hugo Monteiro

A guarda-redes da equipa de futsal feminino do Benfica, Ana Catarina Pereira, não escondeu a tristeza pela reação de alguns adeptos do emblema na Luz no jogo de sábado, quando a capitã das encarnadas, Inês Fernandes, médica de formação, assistia a homóloga do Sporting, Débora Queiroz, quando esta estava caída no terreno de jogo.

"Vivi um dos momentos mais tristes enquanto atleta e benfiquista. No entanto, prefiro realçar e agradecer todo o apoio que tenho recebido da parte dos verdadeiros adeptos do Benfica", escreveu a atleta no Twitter.

Recorde-se que a guardiã tentou acalmar um grupo de adeptos que cantava ‘deixa-a morrer, ela é lagarta’ quando a leoa era assistida, e acabou ela por ser insultada. Em resposta, muitos benfiquistas mostraram apoio a Ana Catarina, elogiando o momento de fair play e criticando os que deixaram o Benfica mal visto. 

Por Cláudia Marques
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Futsal

Notícias

Notícias Mais Vistas