Jorge Braz: «A Letónia quer brindes mas estamos atentos»

Quer a equipa focada para o arranque da tripla jornada em Viseu

• Foto: Nuno André Ferreira

O selecionador de Portugal de futsal, Jorge Braz, assumiu esta quarta-feira querer "começar bem" o apuramento para a Ronda de Elite do Mundial de futsal de 2020, e ganhar à Letónia esta quinta-feira, em Viseu, naquele que será o primeiro de três encontros a disputar por estes dias (depois seguem-se duelos com a Alemanha e a República Checa, a 25 de 27, respetivamente).

Não menosprezar os adversários

"A maior satisfação que temos é quando os jogadores têm consciência dos objetivos e o que isso exige. Quando isso acontece, é o mais importante. O futsal pode ser muito fértil em surpresas. Esta qualificação poderá ter algumas surpresas, são só seis vagas. Temos de iniciar este apuramento da melhor forma. É prepararmo-nos para a Letónia com todo o rigor, trabalho de casa, seriedade. Depois cá estaremos para a Alemanha, que vai ser diferente e depois a República Checa, que tem muita serenidade no seu jogo, experiência. Aí vamos estar de certeza a discutir o primeiro lugar. "

Todos querem ganhar a Portugal

"O que alterou foi isso, a forma como os outros olham para nós. Sempre estivemos ali no topo, mas tocámos o pico. Agora temos de focar-nos em nós. Temos é de ser nós próprios e trilhar o nosso caminho. Construímos algo muito bonito e queremos sustentar esse estatuto para não ser passageiro e de moda. "

Análise à Letónia

"Defendem de forma diferente, muito rigorosos, percebem que é por aí que podem ter vantagem. Conseguem complicar o jogo com o decorrer dos minutos, foi o que aconteceu da última vez que jogámos com eles. Estamos atentos e fazemos o nosso trabalho. Querem brindes. Se não dermos, as coisas serão [boas] para nós."

Que diferenças para a Letónia de 2017 na qualificação para o Euro?

"Está mais experiente, os jogadores trabalharam juntos durante muitos anos. Fizeram resultados interessantes. Vão tentar defender de forma rigorosa. Nós fomos evoluindo, melhorando. Não é só a questão do título. Temos mais soluções. A Letónia vai complicar, mas estamos muito mais focados em nós."

Como foram recebidos em Viseu

"A comida é um problema para o staff. É fantástico estar nesta zona, Viseu tem criado uma paixão enorme pelo futsal, pelo clube de Viseu. Ainda há pouco tempo assisti aqui a um jogo fantástico. Connosco vai ser igual. Sabemos que vamos ter um apoio fabuloso, costumo dizer que é o nosso 15.º jogador. Num ou noutro momento em que seja preciso sentir isso – já o sentimos ao chegar, no hotel, no treino com condições fabulosas - sei que vamos contar com as pessoas de Viseu. Tem sido uma preparação muito boa até agora."

Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Futsal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.