Jorge Braz diz que jogo com Noruega vai servir para Portugal "crescer e melhorar"

Equipa das quinas já garantiu o apuramento para o Euro'2022

• Foto: Peter Spark/Movephoto

O selecionador português de futsal, Jorge Braz, afirmou esta terça-feira que o novo duelo de quarta-feira com a Noruega vai servir para a equipa "crescer e melhorar", apesar de já ter garantido o apuramento para o Euro'2022.

"É mais uma oportunidade competitiva para estes jogadores, para se consolidarem aqui, para melhorar e para crescermos. Todos estes momentos são importantes para crescermos e para melhorarmos, para reforçarmos ainda mais a nossa identidade como equipa. Por isso, este não é um jogo para cumprir calendário, muito pelo contrário", disse Jorge Braz, em declarações divulgadas no site oficial da Federação Portuguesa de Futebol.

Na segunda-feira, Portugal, atual detentor do título, qualificou-se para o Europeu de 2022, que vai decorrer nos Países Baixos, ao assegurar o triunfo no Grupo 8 de apuramento com uma goleada por 7-1 face à Noruega, no Seixal.

"Temos tido sempre a preocupação de todos os jogadores que cá estão terem uma oportunidade. Independentemente do grau de dificuldade dos jogos, todos os jogadores que cá vêm têm de jogar. Neste momento, tivemos uma convocatória alargada para não facilitar, para estarmos preparados para todas as eventualidades que pudessem acontecer. Quem não jogou terá de jogar este jogo, como é evidente", referiu o técnico.

Por seu lado, Bruno Coelho, que fez um dos golos frente à seleção escandinava, confessou o objetivo de terminar o estágio com mais uma vitória.

"Apesar de termos já o apuramento, o nosso objetivo, o estágio ainda não acabou e queremos terminá-lo com duas vitórias. Queremos continuar o nosso trabalho da melhor maneira e da melhor maneira será com mais uma vitória", disse o ala.

Entretanto, André Coelho foi dispensado dos trabalhos da seleção nacional e vai falhar a despedida do Grupo 8.

Portugal lidera o agrupamento com 11 pontos, contra oito de Polónia e República Checa, enquanto a Noruega continua com zero.

A formação das quinas vai marcar presença pela 10.ª vez, e nona consecutiva, na fase final de um campeonato da Europa, ao qual chega como detentora do título, depois da vitória de 2018 (3-2 após prolongamento à Espanha, na final da Eslovénia).

A fase final do 12.º Europeu de futsal realiza-se nos Países Baixos, entre 19 de janeiro e 06 de fevereiro de 2022, com 16 seleções, sendo que, além da seleção anfitriã e de Portugal, já se qualificaram Croácia, Rússia, Geórgia, Azerbaijão, Bósnia-Herzegovina, Cazaquistão, Espanha, Eslovénia e Itália.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futsal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.