Luís Conceição após derrota na final do Europeu: «Não fomos felizes»

Técnico reconhece que a equipa acusou alguma ansiedade

• Foto: Ricardo Jr

Luís Conceição lamentou o desaire de Portugal este domingo, na final do Campeonato da Europa feminino, que sorriu à Espanha. O técnico reconhece que a equipa entrou na partida algo ansiosa e que a guarda-redes adversária "defendeu uma série de situações de golo".

Falta de sorte
"Hoje não fomos felizes. Temos de ser competentes naquilo que fazemos, mas também precisamos de ter aquela ponta de sorte. O resultado é um pouco desnivelado para a qualidade das seleções e pelo o que foi demonstrado, mas há dias assim. Cada jogo tem uma história e hoje não fomos felizes."

Presença assídua
"No futuro, de certeza que vamos continuar a estar nestes grandes jogos e as coisas vão cair para o nosso lado. Não foi por hoje termos perdido que se vai colocar em causa todo o trabalho e percurso que fizemos."

Dias azarados
"Penso que neste jogo podíamos fazer mais duas partes de 20 minutos que não íamos conseguir fazer um golo. Temos de ser competentes e rigorosos, mas há dias em que bola simplesmente não entra. Também encontrámos uma excelente guarda-redes espanhola, que sempre que tentávamos defendeu uma série de situações de golo."

Ansiedade
"Entrámos um pouco ansiosos e hoje era dia de jogar mais com o razão do que com as emoções. Tínhamos de saber controlar as emoções e só conseguimos quando estávamos a perder 3-0 e o resultado já era muito confortável [para a Espanha]. O facto de jogar em casa dá-nos umas vantagens, mas também uma certa pressão".

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Futsal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.