Pany Varela assume objetivo de Portugal no Europeu: «Tentar estar no momento da decisão»

Ala português frisa que a Seleção Nacional trabalha para chegar "ao topo"

• Foto: FPF
O ala Pany Varela reconhece qualidade e competência à Seleção Portuguesa de futsal para atingir o topo no Euro'2022, nos Países Baixos, sem sentir o 'peso' da responsabilidade, após destacar-se no último Mundial.

"O único peso que sinto é o do símbolo que trago ao peito. Trabalho diariamente para, dentro das minhas competências e do plano de jogo delineado, cumprir as tarefas. Sei que os meus colegas também o vão fazer. É para isso que cá estamos, para competir e levar o nome de Portugal onde tem de estar, no topo. Existe qualidade e competência para que assim seja", expressou o jogador do Sporting, em entrevista à agência Lusa.

Pany Varela foi o segundo melhor jogador e marcador do Mundial'2021, na Lituânia, conquistado por Portugal pela primeira vez no historial, já depois do inédito triunfo no Euro'2018, na Eslovénia, que marcou o início de uma gloriosa era na modalidade.

"Assumimos o objetivo de sempre, que é competir o máximo possível e tentar estar no momento de decisão. Não somos nem mais, nem menos favoritos pelo nosso passado. Sabemos que as equipas olham para nós de uma forma diferente, mas isso não nos tira o foco. O foco somos nós. Tudo o resto não nos interessa, nem sequer olhamos", disse.

No espaço de três meses que separou o Mundial do Europeu, Pany Varela sofreu uma lesão que o afastou das quadras cerca de mês e meio, no que considera ter sido "uma chamada à terra", mas que não o impede de se apresentar ao nível de que mais gosta.

"Tenho pensado nela, mas faz parte do passado. Já estou a trabalhar há algum tempo e certamente que, durante o Europeu, vou estar no nível que gosto de estar", referiu.

Aos 32 anos, Pany Varela está nomeado para melhor jogador do mundo, num ano em que, para além do Mundial, conquistou a Liga dos Campeões pelo Sporting, a par do universal Erick Mendonça, colega de equipa e de seleção, e mais oito concorrentes.

"Se me tocar a mim, obviamente que ficarei muito feliz com isso. É sinal que o trabalho que tenho vindo a realizar aqui com os meus colegas na seleção e também no Sporting tem surtido efeito. Não vivo obcecado com esses títulos individuais. Preocupo-me com o trabalho que tenho de fazer, sempre em prol do grupo", sublinhou o 'craque' luso.

O Euro'2022 de futsal disputa-se entre esta quarta-feira e 6 de fevereiro, nas cidades holandesas de Amesterdão e Groningen, sendo que os dois primeiros classificados se qualificam para a fase a eliminar, a disputar em exclusivo na capital dos Países Baixos.

Os campeões europeus e mundiais estreiam-se logo no primeiro dia do torneio, frente à Sérvia, às 16H30 (horas em Lisboa), seguindo-se duelos com os Países Baixos, à mesma hora, no domingo, e com a Ucrânia, às 19H30 de dia 28, na última jornada do Grupo A.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futsal

Notícias

Notícias Mais Vistas