Portugal bate Eslováquia à segunda tentativa

Segundo particular resultou em vitória (4-1)

• Foto: José Neves

Portugal venceu hoje a Eslováquia, por 4-1, em Rio Maior, no último de três jogos de preparação para a fase final do Campeonato da Europa de Futsal, que se vai realizar na Sérvia, de 2 a 13 de fevereiro. Tal como aconteceu na véspera, em que conseguiu um empate a três, a Eslováquia apresentou-se fechada na sua defensiva e causou muitas dificuldades ao ataque português, que só conseguiu impor-se na segunda parte, período em que a equipa portuguesa jogou o melhor futsal destes três encontros de preparação.

Antes, na primeira parte, Cardinal abriu o marcador aos 13 minutos, com um remate forte que bateu na madeira da baliza da Eslováquia e ressaltou para as costas do guarda-redes adversário, acabando por passar a linha de golo.

No entanto, uma distração da defesa portuguesa, que deixou Tomás Drahovsky sem marcação, permitiu ao jogador eslovaco fazer o empate, num remate bonito, à meia volta. O segundo tempo começou praticamente com o bis de Cardinal, que colocou Portugal a vencer após uma boa troca de bola no ataque nacional.

Ricardinho, sempre muito apoiado pelo público, marcou dois golos em dois minutos, o segundo apontado do meio campo, numa altura em que a Eslováquia jogava com guarda-redes avançado, e estabeleceu o resultado final.

A seleção portuguesa de futsal parte no domingo para a Sérvia, onde no dia 04 de fevereiro, às 18:30 (hora local, mais uma hora que em Lisboa) se estreia no Campeonato da Europa, frente à Eslovénia. O segundo jogo da primeira fase será no dia 06, às 21:00, contra a equipa anfitriã.

O objetivo já anunciado pelo treinador Jorge Braz é fazer melhor do que em 2014, quando ficou no quarto lugar, repetindo a posição de 2007. A melhor classificação de sempre da equipa portuguesa é o segundo lugar, conquistado em 2010, na Hungria, onde Portugal foi derrotado (4-2) na final, frente à Espanha.

Jogo no Pavilhão Polidesportivo, em Rio Maior.

Portugal-Eslováquia, 4-1.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

1-0, Cardinal, 13 minutos.

1-1, Tomás Drahovsky, 18.

2-1, Cardinal, 21.

3-1, Ricardinho, 27.

4-1, Ricardinho, 28.

Equipas:

Portugal: Vítor Hugo, Bruno Coelho, Fábio Cecílio, Ricardinho e Anilton. Jogaram ainda Bebé, Paulinho, Pedro Cary, Arnaldo, Cardinal, Djô, João Matos, Tiago Brito e Fabinho.

Treinador: Jorge Braz

Eslováquia: Peter Brndiar, Martin Zdrahal, Vladimir Papajoik, Marhin Dósa e Tomás Drahovsky. Jogaram ainda Milan Herko, Adam Zdrahal, Martin Smericka, Marko Hudacek, Martin Jurkemik, Marek Pástrnak, Martin Dudás, Samuel Marusinec e Jurej Visvader.

Treinador: Marián Berky.

Árbitros: Ruben Guerreiro e Miguel Castilho (Portugal).

Ação disciplinar: Nada a assinalar.

Assistência: 1.719 espetadores.

Por Flávio Miguel Silva e Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futsal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0