Ricardinho dispara para os críticos e "desconfiados"

Orgulhoso pela prestação no Mundial da Colômbia

• Foto: FPF

Portugal terminou o Mundial da Colômbia em 4.º lugar, após perder com o Irão nos penáltis (4-3), um lugar que deixou Ricardinho "desiludido". Ainda assim, e numa longa mensagem publicada na sua conta de Instagram, o capitão da Seleção Nacional não deixou de sublinhar o orgulho pela caminhada feita pela equipa das quinas.

"Apesar de estar totalmente desiludido e desapontado por não termos sido capazes de estar no pódio e receber uma medalha e oferecer aos 11 milhões de nos apoiaram e também criticaram, sinto necessidade de vos dizer que estou muito orgulhoso do caminho que fizemos. Começámos 18, mas só 14 vieram representar Portugal, mas todos vocês fazem parte desta família", começou por escrever o Bota de Ouro da prova (12 golos).

E prosseguiu: "Há que levantar a cabeça e olhar em frente, parar é morrer e não evoluir. Terminamos o mundial entre as 4 melhores seleções do mundo, perdemos somente um jogo durante os 40 minutos contra o campeão atual [Argentina], e tivemos dois empates um deles que se decidiu nos penáltis e nos fez perder o acesso às medalhas... Antes de cá chegarmos, ninguém acreditava ou poucos acreditavam que estaríamos aqui até ao fim e nas últimas 4 seleções do mundo, depois acreditaram mas sempre desconfiados. Temos muito que melhorar, assumir os erros, crescer em todos os aspectos, mas acima de tudo melhorar os índices competitivos que cada vez são mais preponderantes... Terminou assim a nossa caminhada na Colômbia, 4.º lugar no Mundial, e com um sentimento de dor por mais uma vez não conseguirmos fazer história. Obrigado a todos os que enviaram mensagens de todo lado do mundo, aos que cá vieram apoiar, e aos que são realmente orgulhosos de nós...".

A Argentina sagrou-se, pela primeira vez na sua história, campeã do Mundo, ao bater na final, realizada em Cali, na Colômbia, a congénere da Rússia, por 5-4. Para lá da conquista desta prova, a seleção alviceleste garantiu também dois títulos individuais. O de melhor guarda-redes, para Nicolás Sarmiento, e o de melhor jogador da prova, para o benfiquista Fernando Wilhelm.


Apesar de estar totalmente desiludido e desapontado por não termos sido capazes de estar no pódio e receber uma medalha e oferecer aos 11 milhões de nos apoiaram e também criticaram, sinto necessidade de vos dizer que estou muito orgulhoso do caminho que fizemos, começamos 18, mas só 14 vieram representar Portugal, mas todos vocês fazem parte desta família, há que levantar a cabeça e olhar em frente, parar é morrer e não evoluir.. terminamos o mundial entre as 4 melhores seleções do mundo, perdemos somente um jogo durante os 40 minutos contra o campeão atual, e tivemos dois empates um deles que se decidiu nos pênaltis e nós fez perder o acesso às medalhas... antes de ca chegarmos ninguém acreditava ou poucos acreditavam que estaríamos aqui até ao fim e nas últimas 4 seleções do mundo, depois acreditaram mas sempre desconfiados. Temos muito que melhorar, assumir os erros, crescer em todos os aspectos mas acima de tudo melhorar os índices competitivos que cada vez são mais preponderantes.. terminou assim a nossa caminhada na Colômbia, 4 lugar no mundial, e com um sentimento de dor por mais uma vez não conseguirmos fazer história. Obrigado a todos parque enviaram mensagens de todo lado do mundo, aos que cá vieram apoiar, e aos que são realmente orgulhosos de nos... ????????????????????????????????????

Uma foto publicada por Ricardinho10 (@ricardinho10oficial) a

Por Sofia Lobato
10
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Futsal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.