Ricardinho: «O Benfica quer que eu volte, mas não estou a ver»

Mágico revela que águias não podem cobrir ofertas que tem em carteira

• Foto: EFE

Ricardinho admite que será muito complicado voltar a jogar no Benfica, o clube do seu coração. "Sei que tenho as portas abertas e eles querem que eu acabe a carreira lá, mas não vejo isso a acontecer", afirmou, em entrevista ao jornal espanhol 'Marca'.

"As ofertas que tenho são muito altas e o Benfica não pode pagar isso. Somos profissionais, não vivemos de aplausos. Se fosse pelo amor ao Benfica, voltaria a Portugal, mas tenho que procurar a minha estabilidade económica e financeira. Estou muito bem em Madrid, mas o mundo dá muitas voltas e não sei onde vou acabar", explicou o jogador do Inter Movistar.

O futsalista de 31 anos queixou-se ainda da mudança do desporto, cada vez mais físico e menos técnico. "Estamos a transformar o futsal em futebol. Se é o que querem a UEFA e a FIFA, estão a fazer mal. Estamos a perder a qualidade e a técnica, os golos. Joga-se muito com as mãos e estão a deixar. Não sei se a culpa é de cima ou dos árbitros", destacou, pedindo uma clarificação das regras em relação ao contacto entre os jogadores.

Por Sérgio Krithinas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Futsal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.