Ricardinho quer voltar a Portugal e sublinha: «Não me casei com nenhum clube»

Melhor futsalista do Mundo não fecha portas a ninguém

• Foto: Lusa

Ricardinho, capitão da Seleção Nacional de futsal, e estrela do Inter Movistar, de Espanha, anunciou a vontade de voltar a jogar em Portugal. O craque, de 32 anos, tem contrato com os espanhóis até 2020, e confirmou, em entrevista à TVI, o interesse do Sporting no último verão.

"Não pode depender só de ti. Para te casares, se disseres sim e a tua mulher disser que não, não há casamento. Aqui é igual. Imaginemos que eu dizia: só quero jogar no Sporting e ligo ao clube a dizer isso mas eles dizem que não me querem. Só porque o Sporting não me quer não venho para Portugal?", questionou o jogador.

Por este exemplo, Ricardinho, benfiquista assumido, não fecha portas. "O Sporting, o Benfica ou qualquer clube. Tenho uma ambição, quero voltar. A primeira coisa que faço é dizer isso. Se me quiserem chegamos a um acordo, se não há outros clubes que me querem", garantiu, explicando: "O desporto é assim, não me casei com nenhum clube. Quando tiver 40 anos e for prescindível o clube não vai pegar em mim, pagar-me as contas e dar de comer aos meus filhos."

Ricardinho, 135 golos em 162 jogos pela Seleção pode, em 2020, na Lituânia, disputar o seu quarto Mundial. O futsalista antecipou o papel de Portugal na prova: "Agora temos uma responsabilidade maior, somos campeões da Europa e a partir de agora quem nos ganhar é notícia, temos de dar continuidade a este crescimento. Queríamos muito chegar aqui, agora não podemos baixar os braços. Vêm aí o Mundial, queremos fazer boa figura."

10
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futsal

Notícias

Notícias Mais Vistas