Seleção de futsal tem que mostrar "intensidade e qualidade" para bater Noruega

Na qualificação para o Europeu dos Países Baixos 2022

• Foto: FPF

A seleção portuguesa de futsal precisa estar ao melhor nível para vencer o duplo desafio contra a Noruega (12 e 14 de abril), relativo à qualificação para o Europeu dos Países Baixos 2022, realçou esta quarta-feira o internacional André Galvão.

"[A receita para ganhar] contra a Noruega é sermos Portugal, mostrar a intensidade e a qualidade que temos", afirmou o pivô em declarações reproduzidas pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) no terceiro dia de trabalhos do estágio da seleção na Torre da Marinha, Seixal.

A 'equipa das quinas' lidera o grupo 8, com oito pontos (mais um que República Checa e Polónia) e quer manter essa posição após os dois jogos diante da Noruega, agendados para os dias 12 e 14 de abril, no Pavilhão Municipal da Torre da Marinha.

Para estes dois encontros, o selecionador Jorge Braz chamou 18 jogadores, entre os quais dois pivôs, André Galvão e Zicky.

André Galvão, dos Leões de Porto Salvo, cumpriu a sua primeira internacionalização A há quase nove anos, a 15 de maio de 2012, num triunfo diante da Bélgica, por 3-1, mas, desde então, jogou apenas mais três partidas pela seleção.

Foi o quinto jogador mais jovem de sempre a estrear-se na Seleção principal - estava então a cerca de três meses de completar o 20.º aniversário - e espera voltar a ajudar em campo a seleção, agora com 28 anos.

"O conselho que deixo aos mais novos, principalmente ao Zicky que joga na minha posição, é para ele continuar a trabalhar, como tem feito. Vir aqui para conquistar o seu espaço, lutar por isso. Querer sempre mais, pois chegar aqui não significa que já está com o lugar garantido. Ele e todos os jovens que aqui vêm, têm de mostrar que querem cá voltar", lançou André Galvão.

Izaquel Té, mais conhecido por Zicky no mundo do futsal, estreou-se na seleção A durante esta qualificação, a 06 de março de 2021, no empate a três bola diante da República Checa e foi o terceiro mais jovem de sempre a representar a equipa principal, sendo apenas superado por Ricardinho, o mais jovem de sempre nos AA, e Afonso, que também integra esta convocatória para os jogos com a Noruega.

O 149.º jogador a representar a Seleção Nacional, estreou-se com passados pouco mais de três meses de completar 19 anos.

"Respeito os mais velhos de igual maneira, mas em relação ao [André] Galvão parecia que já nos conhecíamos há mais tempo. Ele é uma pessoa a que é fácil de aceder e acho que isso permitiu termos mais confiança, entrarmos nas brincadeiras e estamos aqui como já estivéssemos estado juntos muitas vezes", comentou Zicky.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futsal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.