Um Monte Evereste chamado Benfica

AM Granja defronta águias na Taça num jogo que é um autêntica prova de montanha

• Foto: Luís Vieira

A Associação Moradores da Granja defronta o Benfica na 4ª eliminatória da Taça de Portugal já depois de amanhã. De um lado, uma equipa da Divisão de Elite da AF Porto; do outro nada mais nada menos do que o campeão nacional e detentor da prova. Por isso, o jogo é equiparado a uma autêntica... prova de montanha. "Sabemos o Monte Evereste que temos pela frente, mas há o objetivo de deixar a melhor imagem possível, para que o percurso até aqui seja valorizado ", afirma o técnico Miguel Mota (ex-Freixieiro e Miramar), com representatividade na Seleção Nacional.

Miguel Mota orienta uma equipa amadora e que "paga para jogar", por isso a eliminatória é encarada como um "prémio". "É para desfrutar, mas também para mostrar valor e qualidade. Depois, são cinco para cinco e que vença quem for mais competente", diz Mota (41 anos), que está há duas épocas nos seniores do Granja, clube de Águas Santas.

Chegar aos Nacionais

Jorge Bartolo é o presidente desta pequena coletividade que, ainda assim, sonha alto. "A ambição passa por chegar aos campeonatos nacionais. Sabemos fazer as coisas tão bem ou melhor do que os clubes ditos profissionais, e com poucos meios", refere o dirigente, admitindo alguma ansiedade pela receção ao Benfica, no Pavilhão do Corim, em Águas Santas.

Por João Baptista Seixas
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futsal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.