Record

Sporting perde final da UEFA Futsal Cup

Inter Movistar de Ricardinho supera leões e conquista o seu quinto título europeu

O Sporting não conseguiu chegar ao título europeu. Na sua terceira presença na final da UEFA Futsal Cup, os leões perderam pelo segundo ano consecutivo com os espanhóis do Inter Movistar, a equipa de Ricardinho, agora por 5-2. Mas a formação de Alvalade bateu-se com galhardia, pressionou e fez de tudo para que o defecho fosse outro. O problema é que do outro lado estava uma defesa de betão e um guarda-redes que mostrou ser uma verdadeira dor de cabeça para os jogadores leoninos. O Sporting caiu nesta final, mas caiu de pé!

Termina a partida.

19' - Golo do Inter Movistar (2-5)! Pola faz o 5.º dos espanhóis a escassos segundos do final.

O Sporting continua a pressionar o Inter com o seu 5x4 mas não consegue transpor a defensiva dos espanhóis...

18' - Gadeia remata e Marcão faz uma grande defesa. O árbitro manda repetir e dá cartão amarelo a Marcão, que se terá adiantado ao lance. Entra André Sousa, Gadeia marca o livre e o guarda-redes do Sporting defende com o braço esquerdo.

18' - Cartão amarelo para Cardinal, é a sexta falta do Sporting. O livre é perigoso...

O Inter pede um desconto de tempo.

17' - Dieguinho tem nos pés o 3-4, mas diante da baliza, com apenas o guarda-redes pela frente, atira inacreditavelmente ao lado...

17' - Golo do Sporting (2-4)! Diogo, dentro da área e em posição frontal, marca o golo que faz o Sporting acreditar!

16' - Ricardinho por pouco não faz o golo do ano! Na área do Inter vê que Marcão está adiantado remata e a bola bate no poste.

16' - Dieguinho pressiona e chuta... mas não marca!

14' - O Sporting perde a bola no ataque, a baliza está deserta e o Inter tenta a sua sorte, mas a bola não entra.

O Sporting faz de tudo para dar a volta ao jogo, defende no campo todo e ataca em 5x4.

13' - Contra-ataque do Inter, Daniel remata cruzado e Marcão defende para canto. 

13' - Remate de Pani Varela, por cima da baliza...

12' - Falta de Pani Varela sobre Daniel, Ricardinho entra para a marcação do livre, que é perigoso. O remate de Daniel sai direto e o guarda-redes defende com o pé, para canto. Na marcação, a bola chega a Gadeia que atira ao poste. A baliza de Marcão estremeceu com violência...

12' - Remate perigoso de Dieguinho, que depois de tirar dois adversários da frente acaba por atirar ao lado do poste esquerdo da baliza do Inter. 

11' - Está recuperado o jogador do Inter Movistar.

10' - Solano está a ser assistido, depois de ter sido derrubado por Marcão.

9' - Novo duelo de Merlim com Jesús Herrero, que o jogador do Sporting volta a perder.

9' - Remate perigoso de Merlim, mas Jesús Herrero está instransponível...

8' - Boa iniciativa de Diogo, mas Bebé corta o lance, dando o corpo ao manifesto.

8'- Na marcação do livre, que muito é perigoso, o Sporting não consegue passar por Jesús Herrero. 

8' - Daniel Shiraishi é admoestado com um cartão amarelo depois de cometer uma falta feia sobre Diogo.

7' - Na resposta o Inter faz o mesmo e Ricardinho perde o duelo com Marcão.

7' - Jogada de contra-ataque do Sporting, 'cheira' a golo mas Divanei permite a defesa de Herrero.

O Sporting pressiona o Inter de todas as formas, mas não consegue passar pela defesa dos espanhóis...

5' - Remate de Dieguinho contra um defesa.

4' - Pani Varela dá um toque de calcanhar para Diogo, que não consegue finalizar.

3' - Golo do Inter Movistar (1-4)! Rafael Rato passa por Merlim, que escorrega, e a bola passa por entre as pernas do guarda-redes do Sporting.


1' - Remate de Ricardinho, ao lado da baliza de Marcão. André Sousa está no banco. 

Começa a segunda parte.

O Inter Movistar chega ao intervalo com dois golos de vantagem, não porque tenha sido muito superior ao Sporting, mas porque soube aproveitar as oportunidades de golo que criou. O jogo está a ser equilibrado e vamos ver se os leões conseguem dar a volta ao resultado na segunda parte. Uma coisa é certa: têm de ter muito cuidado nas bolas paradas porque esta equipa de Ricardinho é letal neste tipo de lances!

Intervalo


19'- Remate de Cavinato, com o pé direito, mas a bola acaba nas mãos do guarda-redes dos espanhóis.

18' - Remate do meio da rua de Merlim, mas a bola sai muito por cima.

18' - Muro defensivo do Sporting não deixa passar o remate de Ricardinho.

O treinador do Inter Movistar manda parar o jogo.


17' - Dieguinho é derrubado na área por Ortiz, o Sporting pede penálti mas os árbitros nada assinalam.

16' - Remate de Merlim quase da linha de fundo, mas Jesús Herrero defende.

16' - Jogada combinada entre Cardinal e Diogo, mas este último atira ao lado.

14' - Falta de Daniel sobre Cardinal.

14' - Golo do Inter Movistar (1-3)! Elisandro tira Caio Japa da frente e remata forte, fazendo assim o terceiro dos espanhóis.

O Sporting parece não ter acusado o golo sofrido...


13' - Ricardinho faz de guarda-redes e corta o remate de Pani Varela.

12' - Dieguinho recebe um passe de Divanei, roda e remata forte, mas a bola passa a rasar o poste.

12' - Segunda falta do Inter, Gadeia derruba Dieguinho. Merlim remata direto, mas Jesús Herrero agarra sem dificuldades.

10' - Golo do Inter Movistar (1-2)! Ricardinho marca de forma sublime! O jogador português tira um adversário da frente e remata forte, de longe, traindo completamente o guarda-redes dos leões. Já é o melhor marcador de sempre das fases finais da UEFA Futsal Cup.


10' - André Sousa agarra a bola em cima da linha de golo, por pouco os espanhóis não fazem o segundo! É muito perigosa esta equipa do Inter nos lances de bola parada...

9' - Remate em arco de Cavinato, mas a bola sai ao lado.

9' - Canto marcado pelo Inter, a jogada é combinada e só não dá em golo porque Ortiz atrapalha-se com a bola.

9' - Está recuperado o jogador leonino.

Os adeptos do Sporting estão eufóricos...


9' - Solano cai em cima de André Sousa, o guarda-redes do Sporting está a ser assistido.

8' - Golo do Sporting (1-1)! Grande jogada do Sporting! Merlim faz um passe com selo de golo e Cavinato, ao segundo poste, não dá hipóteses ao guarda-redes espanhol.


8' - Falta de Pola sobre Cavinato, é a primeira dos espanhóis. Na marcação do livre, João Matos desfere um tiro, completamente desenquadrado com a baliza.

8' - Solano tenta a sua sorte de cabeça, mas erra o alvo e nem assusta o guardião dos leões.

7' - Quarta falta do Sporting, Fortino derruba Pola nas barbas do árbitro...

7' - Livre para o Inter Movistar, Ricardinho remata direto mas André Sousa está atento.

6' - Cardinal sai com queixas.

4' - Nova oportunidade para Dieguinho, mas erra o alvo.

4' - Bola na trave da baliza do Sporting, o remate foi de Ricardinho.

3' - Golo do Inter Movistar (0-1)! Gadeia tira um defesa do Sporting da frente e remata, sem hipótese de defesa para André Sousa.

3' - Caio Japa remata em posição frontal, mas o remate sai enrolado.

3' - Grande jogada de Dieguinho! Pára a bola no peito e remata de primeira, mas Jesús Herrero defende.

3' - Elisandro tenta fintar o guarda-redes do Sporting, mas André Sousa está atento.

2'. Cartão amarelo para Alex Merlim.

1'. Começa a partida em Saragoça!

18h59 - 
Houve uma alteração no cinco leonino: entrou Dieguinho para o lugar de Cardinal.

18h56 -
Tremenda ovação a Ricardinho.

18h55 -
Bruno de Carvalho na bancada para assistir ao jogo.

18h45 - 
Sporting termina aquecimento. A equipa leonina está a lançar camisolas para os adeptos que viajaram de Lisboa.

18h44 - 
Inter Movistar já terminou o aquecimento

18h40 -
 Adeptos do Sporting pintam o pavilhão de verde e prestam homenagem a uma simpatizante leonina.

Em relação ao jogo com o ETO Györ, na meia-final, Nuno Dias altera apenas o guarda-redes. Sai da titularidade Marcão e entra André Sousa para o seu lugar.

Já são conhecidas as equipas!


Sporting

5 inicial:
André Sousa, Pedro Cary, João Matos, Alex Merlim e Cardinal.
Banco: Marcão, Divanei, Diogo, Déo, Caio Japa, Dieguinho, Diego Cavinato, Pany Varela e Fortino.
Treinador: Nuno Dias

Inter Movistar
5 inicial: Jesús Herrero, Ortiz, Ricardinho, Gadeia e Rafael.
Banco: Álex González, Bebe, Daniel Shiraishi, Pola, Solano, Bruno Taffy, Borja, Elisandro e Serginho.
Treinador: Jesús Velasco  


ETO Gyor- Barcelona, 1-7. Os catalães eram super favoritos para vencer a equipa surpresa da competição, neste jogo de atribuição do 3.º e 4.º lugar. A equipa húngara aguentou estoicamente até aos 13 minutos, momento é que o Barcelona fez o primeiro golo. O ETO Györ ainda empatou o jogo, por intermédio de Álex, mas novamente Esquerdinha colocou o Barcelona na frente, ainda antes do intervalo. Na segunda-parte a conversa foi outra. Mesmo a jogar num ritmo muito baixo, os catalães foram aumentando o marcador e acabaram por vencer por 7-1. Destaque para um momento político ainda na primeira parte. As divergências políticas são conhecidas e o ambiente aqueceu quando os adeptos do Barcelona começaram a gritar "liberdade" aos presos políticos. Rapidamente todo o pavilhão respondeu com assobios, até que todos gritaram "eu sou espanhol", até abafarem a clara minoria de catalães.


Bruno de Carvalho chega ao pavilhão com a equipa de futsal
17h27 - O Sporting acaba de dar entrada no pavilhão e Bruno de Carvalho está com a equipa.

17h18 -
A equipa do Inter Movistar já saiu do hotel.

17h08 - Os adeptos do Barcelona começaram a gritar "liberdade para os presos políticos". Rapidamente os restantes presentes no pavilhão assobiaram. Quando acabacaram os assobios, gritou-se: "eu sou espanhol", com muitas bandeiras de Espanha erguidas. Um momento político nesta final-four da UEFA.

16h44 - 
Intervalo: ETO Györ-Barcelona, 1- 2. Marcaram Álex (18') e Esquerdinha (13' e 18').

16h30 - 
O selecionador nacional de futsal, Jorge Braz já está no pavilhão.

15h55 - 
Juanjo, guarda-redes que passou pelo Benfica, vai ser o titular na baliza do Barcelona. O espanhol de 32 anos, vestiu a camisola do Benfica nas épocas 2014/15 e 2015/16.

15h20
- Agora é a vez do Barcelona entrar no campo do pavilhão Príncipe Felipe, em Saragoça. Os catalães são super favoritos para vencer este jogo. Saíram derrotados do jogo diante do rival Inter Movistar. A equipa de Ricardinho venceu por 2-1, num jogo de alta intensidade.

15h15 - ETO Györ já está no recinto a realizar os exercícios de aquecimento. Os húngaros são a grande surpresa desta final four. Vão defrontar o Barcelona, no jogo que irá definir o 3.º e 4.º lugar. O ETO Györ perdeu na meia-final com o Sporting por 6-1.

Nuno Dias também pediu coerência aos árbitros no critério abordado durante o jogo. "Espero que as arbitragens estejam ao nível dos intervenientes. Que sejam coerentes. Nos jogos das meias-finais, o Cardinal jogou 6/7 minutos por ter visto o amarelo. Num lance muito menos grave do que eu vi do Elisandro fazer, que nem viu o amarelo. O Dieguinho viu amarelo num dos jogos que fizemos até chegar aqui porque festejou com os adeptos. O Ortiz, na meia-final, fez isso e não viu o amarelo, que era o segundo. Só peço que mantenham o mesmo critério", atirou.

Na antevisão do jogo, Jesús Velasco pediu atenção aos árbitros para que a partida não se transforme numa "batalha campal." "O critério da arbitragem também me preocupa muito. Vai ser um jogo de uma intensidade muito elevada. Eles vão tentar isso, o contacto, um jogo híper agressivo e vamos ver como os árbitros vão estar.

Pode ser uma batalha campal. Estamos preparados, mas vamos ver em que nível os árbitros colocam o critério e onde o puserem que o mantenham todo jogo. Porque pode ser uma verdadeira batalha extra desportiva", alertou.

UEFA faz testes... com Sporting campeão!
Nos altifalantes do recinto, ainda vazio, o speaker começou por anunciar o Inter Movistar como grande campeão da UEFA Futsal Cup 2018 e com Ricardinho a ser considerado o melhor jogador em campo... Mas logo de seguida, o teste para o Sporting. O speaker deu os parabéns ao Sporting Clube de Portugal pela conquista do troféu e deu o melhor campo a… Merlim!

- A quatro horas e meia da final a UEFA faz os últimos testes no pavilhão Príncipe Felipe, em Saragoça.

- O recorde de assistência numa final continua a pertencer ao jogo entre Barcelona e Sporting, em 2015, na meia-final de Lisboa, onde no pavilhão Atlântico estiveram 12.076 adeptos.

O pavilhão em Saragoça
- Segundo fonte da UEFA, o pavilhão Príncipe Felipe, em Saragoça, vai estar cheio (tem capacidade para 10.700 lugares); os bilhetes esgotaram. 

- A apoiar o Sporting vão estar cerca de 500 adeptos. Já o Inter Movistar vai registar um forte apoio em Saragoça.

- O romeno Bogdan Sorescu será o primeiro árbitro, o croata Saša Tomic  o segundo e o italiano 
Angelo Galante o terceiro.

- Bruno de Carvalho anunciou que estará com a equipa, em Saragoça.

- O Inter Movistar chega à final pela oitava vez (um recorde) e é a segunda equipa, depois do FC Dynamo (que o fez duas vezes), a alcançar a final pela terceira vez consecutiva. Tem quatro títulos.

- O Sporting chega à final pela terceira vez na sua história, nunca ganhou esta competição.

- As duas equipas encontraram-se na final do ano passado e na altura os espanhóis venceram, por 7-0. Facto desvalorizado pelo treinador Nuno Dias na conferência de imprensa. Mas o técnico reconheceu que não será fácil levar de vencida este adversário "fortíssimo". "É o detentor do troféu, líder da liga espanhola, campeão e tem dominado o futsal europeu nos últimos anos", constatou.

- O Sporting deixou pelo caminho os húngaros do Györ na meia-final (6-1), enquanto a equipa de Ricardinho bateu o Barcelona (2-1). 

- Boa tarde, seja bem-vindo ao direto da final da UEFA Futsal Cup, que coloca frente a frente o Sporting e os espanhóis do Inter Movistar a partir das 19 horas, em Saragoça, Espanha.
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de UEFA Futsal Cup

Notícias

Notícias Mais Vistas

M