Jéssica Silva rompeu tendão de Aquiles

Avançada lesionou-se contra a Itália e tem pela frente um longo período do recuperação

• Foto: Diogo Pinto / FPF

Confirmou-se o pior cenário. Jéssica Silva rompeu na totalidade o tendão de Aquiles da perna esquerda e tem pela frente um período de paragem a rondar os oito meses. Tudo aconteceu na primeira jornada da Algarve Cup, no encontro frente à Itália.

À passagem do minuto 12, a avançada do Lyon perseguia a bola quando sentiu muitas dores, tendo-se deixado cair no relvado. Desde logo fez sinal que não dava para continuar em campo e acabou por sair completamente desolada. Posto isto, a jogadora do Lyon é baixa certa para Francisco Neto nas próximas convocatórias para os importantes jogos de qualificação para o Europeu de 2021, que começam já em abril. Portugal segue no terceiro posto do Grupo E e tem pela frente a Finlândia (1ª classificada) e a Escócia (2ª).

Com Jéssica Silva de fora, o selecionador nacional chamou Ana Leite para o que resta desta Algarve Cup. A avançada do Borussia Bocholt (Alemanha) chegou ontem a Portugal.

Diana Silva já está de olho no Europeu

Diana Silva é presença assídua nas convocatórias da Seleção Nacional e, depois da derrota frente à Itália, quer voltar a ter contra a Bélgica o bom que se viu na jornada inaugural. "Jogámos muito bem na primeira parte e estivemos sempre por cima. Elas entraram melhor para a segunda e acabámos por sofrer um golo mesmo no final", começou por dizer a avançada, de 24 anos, já de olho na qualificação para o Europeu: "Estamos aqui para aperfeiçoar as nossas rotinas e para nos prepararmos da melhor forma para a qualificação do Europeu, que é o nosso objetivo principal." Para a partida de amanhã, Diana Silva espera muitas dificuldades. "Além de ser uma equipa forte fisicamente, a Bélgica joga muito bem na transição e nós temos algumas dificuldades nesse aspeto. Vamos ter de trabalhar mais para chegarmos na máxima força ao jogo", concluiu.

Portugal a lutar pelo 5º lugar

Com a derrota (1-2) frente à Itália, a Seleção Nacional ficou ‘condenada’ a disputar apenas o quinto lugar nesta Algarve Cup. Na segunda fase, a equipa comandada por Francisco Neto tem pela frente a Bélgica (amanhã, às 17h30, no Parchal), sendo que o vencedor desta partida irá defrontar quem sair por cima do embate entre a Suécia e a Dinamarca (14h30).

Na luta pela conquista do torneio, Nova Zelândia e Itália defrontam-se na primeira meia-final (21 horas), enquanto Alemanha e Noruega jogam a outra (17h30).

Por Pedro Filipe Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Seleção Feminina

Notícias

Notícias Mais Vistas