José Paisana espera que Portugal reduza diferenças na Ronda Elite

Selecionador das Sub-19 satisfeito por disputar qualificação para o Euro'2016

• Foto: Bruno Teixeira Pires

O selecionador José Paisana, que comanda a seleção feminina de sub-19, salientou que a presença na Ronda de Elite de qualificação para o Euro'2016 é "um enorme crescimento" para continuar a "reduzir diferenças".

As sub-19 portuguesas vão participar, entre terça-feira e domingo, na Ronda de Elite de qualificação para o Europeu da categoria, medindo forças, no Algarve, com as seleções da França, Escócia e Grécia.

José Paisana mostrou-se orgulhoso de participar no torneio que vai permitir às jogadoras desenvolverem competências de modo a chegarem à seleção principal.

"Para nós, poder disputar estes jogos, onde estão as melhores 24 seleções da Europa, representa um enorme crescimento para todos. Sentimos que é importante continuar a reduzir diferenças entre Portugal e as principais potências do futebol feminino, mas nós não podemos desviar dos nossos objetivos e o objetivo principal é tornar estas jogadoras melhores, que as valorize para o espaço da seleção A. Esse é o grande objetivo e não nos podemos desviar", afirmou à agência Lusa.

Apesar de saber que existem "dificuldades", José Paisana salientou que Portugal vai "encarar cada jogo com a máxima responsabilidade" e a perspetiva de vencer.

"As nossas jogadoras sabem das dificuldades, mas algo que nos caracteriza é a ambição ser muito grande, respeitaremos todos os adversários, mas com certeza que vamos encarar cada jogo com a máxima responsabilidade. Um dos nossos pontos fortes é ser humildes, sabemos sofrer e temos um pensamento coletivo. Estes aspetos fazem-nos diferentes das outras seleções e temos sempre a perspetiva de abordar todos os jogos com a possibilidade de ganhar", vincou.

Sobre os adversários, o selecionador português, mostrou-se conhecedor das qualidades de França, Escócia e Grécia.

"A França é uma seleção recheada de grandes jogadoras, é um jogo vertical, rápido, de qualidade técnica, com jogadoras que conhecem muito bem o jogo e que tem como objetivo atacar sempre a baliza adversária. A Escócia surge com um futebol combativo, de duelos, com a bola a ter de chegar rápido à frente. A Grécia é uma dimensão mais equilibrada, um jogo de posse, muito mais ao nosso nível", rematou.

Com os três jogos da seleção lusa a serem disputados às 16:00, Portugal inicia a ronda de qualificação na terça-feira, frente à França, em Ferreiras, defrontando, dois dias depois, em Parchal, a Escócia.

Portugal fecha, em Almancil, a qualificação, ao medir forças com a Grécia.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Seleção Feminina

De Caigny resolveu

Portugal cai perante a Bélgica e vai disputar o sétimo lugar da Algarve Cup frente à Suécia

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0