Portugal-Hungria, 2-1: Vontade de brilhar valeu a reviravolta

Insistência acabou por ser recompensada com golo da vitória frente à Hungria nos descontos

• Foto: Vítor Neno

Nota positiva neste primeiro teste da Seleção Nacional feminina, principalmente pela resposta às adversidades e pelo golo da vitória... conseguido já aos 90’+4. Portugal recebeu e bateu a Hungria, por 2-1, num jogo de preparação realizado em Alverca, que serviu para Francisco Neto testar novas ideias e até lançar caras novas no onze, com vista à fase de apuramento para o próximo Europeu, na qual terá de ultrapassar as seleções de Albânia, Escócia, Finlândia e Chipre.

O selecionador nacional fez exatamente isso, mas a partida não poderia ter começado pior. A Hungria surpreendeu tudo e todos e já liderava aos seis minutos, com Dóra Zeller a colocar as visitantes na frente do marcador. Um desafio ainda maior para as portuguesas, que encararam a partida ainda com mais motivação.

Focadas em dar à volta ao marcador, as comandadas de Francisco Neto partiram ‘para cima’ das adversárias, mas, apesar de ser a melhor equipa em campo, Portugal não estava a conseguir fazer aquilo que é o mais importante num jogo de futebol: marcar golo. O perigo rondava a baliza de Reka Szöcs, mas a bola não queria entrar... durante a primeira parte pois o jogo iria mudar nos segundos 45 minutos.

O selecionador mexeu estrategicamente na sua equipa e os resultados foram evidentes, visto que as portuguesas melhoraram bastante no momento da decisão, que era exatamente o que estava a faltar. Vanessa Marques saltou ‘lá para dentro’ e foi a centrocampista do Sp. Braga que repôs a igualdade, à passagem do minuto 71. A partir daí viu-se um jogo de sentido único, com Portugal a dominar por completo os acontecimentos. O golo adivinhava-se, mas o tempo ia passando e o empate ia perdurando e não era por falta de tentativas.

Quando já todos pensavam que o jogo ia acabar empatado, Mónica Mendes fez o Complexo Desportivo do Alverca explodir de alegria, com um cabeceamento perfeito que deu a vitória à equipa que mais a procurou. Portugal ganhou a primeira batalha, mas na terça-feira há mais. A equipa das quinas recebe a Hungria, novamente em Alverca, às 16 horas, para a disputa do ‘segundo round’.

Por Pedro Filipe Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Seleção Feminina

De Caigny resolveu

Portugal cai perante a Bélgica e vai disputar o sétimo lugar da Algarve Cup frente à Suécia

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.