Antigo médico da Seleção revela que André Gomes deve parar "de três a cinco meses»

Henrique Jones acredita numa recuperação relativamente rápida do internacional português depois da cirurgia

A carregar o vídeo ...
Lesão arrepiante de André Gomes: adversário ficou a chorar

Henrique Jones, antigo médico da Seleção Nacional, considerou em declarações à Rádio Renascença que André Gomes deverá parar "de três a cinco meses", sendo que a recuperação deverá iniciar-se logo após a cirurgia, agendada para hoje. Se assim for, o internacional português pode voltar a tempo de integrar a Seleção Nacional para o Europeu de 2020, se Portugal se apurar e se Fernando Santos entender convocá-lo.

"O André é jovem. A cirurgia, se for bem conseguida, consegue-se uma recuperação na ordem dos 100% e ele vai ficar certamente com a mobilidade e funcionalidade do tornozelo sem problemas. A partir do momento em que a cirurgia é efetuada, depois é começar a recuperar quase de imediato", explicou o médico, acrescentando que o procedimento cirúrgico é "relativamente simples".

Recorde-se que o jogador do Everton sofreu uma arrepiante fratura na perna direita, na zona do tornozelo, na sequência de uma entrada de Heung-min Son na partida de domingo, frente ao Tottenham.

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Seleções

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.