Bruno Alves: «Sabíamos que não podíamos cometer erros»

Defesa diz que triunfo foi "muito importante"

• Foto: epa

Titular diante da Letónia, em face da ausência de Pepe, que falhou o encontro por lesão, Bruno Alves garantiu que está "sempre disponível" para ajudar a Seleção. De resto, em relação ao encontro desta noite, que Portugal venceu por 3-0, o defesa central, de 35 anos, admitie que foi "duro", mas enalteceu a crença dos seus colegas.

"Estou sempre disponível. Trabalho sempre para ter estas oportunidades. O Pepe não pôde jogar hoje. A seleção está sempre bem representada, treinamos muito para ter estas oportunidades. Foi bom vencer um jogo duro, difícil, com muitas dificuldades", começou por referir, em declarações à RTP.

"Já tinhamos estudado bem a Letónia e sabíamos que eles iam pressionar e contra-atacar na primeira parte. Sabíamos que não podíamos cometer erros e sofrer golos porque ia ser difícil correr contra a maré. Ganhámos, marcámos e não sofremos. Foi muito importante", admitiu o defesa, que em 2017/18 irá representar o Rangers.

"Pensamos diariamente no treino. Em ganhar batalhas no treino e depois nos jogos. Jogo a jogo vamos conseguir os nossos objetivos e temos conseguido. Vamos continuar neste caminho de vitória, trabalho e persistência. Quando se joga contra os melhores, nas melhores competições, é natural ter dificuldades. Mas vamos continuar a dar contributo dentro de campo para honrar a seleção", finalizou.

Por Pedro Gonçalo Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Seleções

Notícias

Notícias Mais Vistas