Diogo Jota: «É o reconhecimento do meu trabalho»

Avançado tem brilhado ao serviço do P. Ferreira e agora também marcou por Portugal

• Foto: Arquivo/Filipe Farinha

Diogo Jota fica na história do futebol português como o jogador que marcou o primeiro golo desta Seleção Olímpica. Aproveitando um mau passe do central Salcedo para o guarda-redes Gudiño (pertence aos quadros do FC Porto), o avançado de 19 anos foi rápido a ficar com a bola, antecipando-se aos adversários e finalizou sem dificuldades.

"Foi muito importante para mim ser chamado aos trabalhos desta Seleção Olímpica pela primeira vez e a verdade é que comecei muito bem, com um golo marcado", resumiu o Diogo Jota. Trata-se de mais uma etapa, depois de 9 partidas ao serviço dos sub-19 e uma pelos sub-21. "É o reconhecimento do meu trabalho. Tenho vindo a dar o meu melhor no Paços de Ferreira e também na Seleção. Quando chego a um patamar quero chegar ao seguinte. E tenho tido a felicidade de marcar nas Seleções portuguesas; como sou avançado é isso que me é pedido", atirou.

Os 29 jogos esta época, assim como os 11 golos, chamaram a atenção de outros clubes. Diogo Jota foi confrontado com a possibilidade de vir a trocar o P. Ferreira por outro clube, mas a resposta foi... politicamente correta. "Vou dar o meu melhor no Paços de Ferreira até ao final da temporada e depois vou ver o que pode acontecer. Quanto aos Jogos Olímpicos, é claro que gostaria de ser um dos convocados".

Tal como Record adiantou em tempo oportuno, o Benfica esteve a negociar a contratação de Diogo Jota com o Paços de Ferreira. A transferência até parecia bem encaminhada, até ao momento em que o At. Madrid entrou na corrida, propondo valores superiores ao jovem jogador. O clube espamhol ganhou a corrida, com Diogo Jota a assinar um contrato válido para as próximas cinco temporadas.

Por David Novo
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Seleções

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.