«É provável que alguns jogadores, como Pepe, Sérgio Oliveira ou Cancelo, fiquem infetados com Covid-19»

Médico epidemiologista Gustavo Tato Borges analisa caso Cristiano Ronaldo

• Foto: FPF

Gustavo Tato Borges, médico epidemiologista e Vice-Presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, explica a Record tudo sobre o caso de Covid-19 de Cristiano Ronaldo.

"Aquela imagem dele a jantar com toda a equipa, ontem. É provável que durante a próxima semana alguns destes jogadores, nomeadamente os que estiveram mais perto dele neste jantar, como o Pepe, o Sérgio Oliveira ou o Cancelo, possam vir a estar infectados. Têm maior risco de vir a estar infetados nas próximas semanas. O que o protocolo da Liga diz é que vão ser testados regularmente e enquanto tiverem testes negativos, vão poder continuar a jogar", considera. Até porque no caso de Pepe e Sérgio Oliveira, jogadores do FC Porto, têm um Clássico com o Sporting no próximo sábado. "Se o Pepe e o Sérgio Oliveira testarem negativo nos próximos dias, vão poder jogar o Clássico", sublinha.

Leia aqui o artigo na íntegra.

Por Miguel Custódio
38
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Seleções

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.