Fernando Santos: «Nos clubes é que se dão minutos»

Selecionador nacional explica gestão da equipa

• Foto: Lusa

Fernando Santos não divulgou, esta segunda-feira, o onze da Seleção Nacional para o encontro com a Bélgica (terça-feira às 19h45 em Leiria) porque garantiu que "ainda não está fechado". O selecionador nacional admitiu, no entanto, que possa haver "uma ou outra mudança" face à partida de sexta-feira com a Bulgária.

"Aqui não há mais ou menos minutos. Isto não é um trabalho de clubes. Os minutos têm de ser dados nos clubes porque isso tem a ver com a condição física. Vamos procurar manter mais ou menos a estrutura. Seguramente vai haver uma ou outra mudança", disse na conferência de imprensa de antevisão da partida.

O facto de Portugal ter perdido com a Bélgica não representa qualquer pressão acrescida, segundo o selecionador nacional. "A responsabilidade não é a mesma. Não é o factor resultado que vai trazer mais ou menos responsabilidade. É verdade que quando se perde se quer retificar o mais rapidamente possível mas não é mais do que isso", referiu, frisando: "Não vou fazer qualquer gestão".
Fernando Santos: «Estão todos disponíveis para receber os miúdos de braços abertos»


Fernando Santos acrescentou que "Portugal vai jogar sempre num conceito de jogo entre o 4x4x2 e o 4x3x3 móvel" porque isso "traduz o ADN da equipa". "Depois são os jogadores que interpretam isso em campo, obviamente mediante as características dos adversários. Não há um padrão fixo. Temos de saber ler o jogo", completou.



Por Sandra Lucas Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Seleções

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.