Fernando Santos: «O jogo nunca foi totalmente dominado por nós»

Admite que a equipa esteve melhor na segunda parte

• Foto: EPA

Fernando Santos analisou o empate desta terça-feira diante do Estados Unidos, admitindo que a equipa esteve melhor na segunda parte.

Análise ao jogo

"Negativo foi a não capacidade de ter bola. O adversário era agressivo no bom sentido, sempre a pressionar, não permitindo que os jogadores pensassem. Na primeira parte, a equipa não teve bola, perdeu-a muitas vezes, jogou um bocadinho à pressa. Tinha perspetivado ter jogadores mais móveis na frente, mas para isso é preciso ter bola. Sofremos um golo e tivemos alguma felicidade no golo que fizemos. Criámos ali algumas chances. Os jogadores trabalharam e procuraram fazer bem. Na segunda parte melhorámos bastante, conseguimos circular melhor, mas não com a fluidez que é normal. O jogo nunca foi totalmente dominado por nós."

Um testes aos jogadores?

"Se se ganha um jogo, vamos ficar muito entusiasmados. Se não se ganha, vamos ficar todos muito tristes. Já disse que não estavam aqui a fazer nenhum teste. Obviamente que o que se vê no jogo é importante, mas o que se vê no treino é tão importante como o que se vê no jogo. Estes jogadores estiveram aqui porque já faziam parte do lote. Senão não tinham vindo aqui."

Estreias

"Nem sei se é 31 ou 30, não sou nada desses dados, não sei nenhum dado estatístico. É importante ver os jogadores em campo e foi isso que procurei fazer. Têm de perceber que o pouco tempo de trabalho na Seleção obriga o treinador a ter uma equipa mais coesa no sentido de saber o que quer. Obviamente os jogadores não têm um mês de treino, têm uma semana. Treinámos duas vezes e já querem que corram tudo bem, isso não é possível."

Apoio às vítimas dos incêndios

"Foi muito importante. Os jogadores sentiram, todos nós sentimos. Tenho a certeza de que na segunda-feira vai começar a ver-se o trabalho."

Por Luís Miroto Simões
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Seleções

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0