Fernando Santos: «Se fosse hoje, demorava algum tempo a escolher os 23»

Selecionador realça bom trabalho dos jogadores

Fernando Santos admitiu que se tivesse de elaborar hoje a lista de convocados para a fase final do Euro'2016 sentiria problemas, devido ao (bom) rendimento dos futebolistas que teve agora à disposição mas também dos restantes selecionáveis.

"Demoraria algum tempo a escolher os 23 agora. Os jogadores têm trabalhado muito bem. Muitas vezes não é por mais tempo de jogo ou não, interessa-me também o treino, pois estou ali com eles todos os dias. Há outros jogadores que poderiam estar aqui, vou ponderar muito bem. Em primeiro lugar está a competência futebolística, depois todos os outros aspetos são pesados por igual. É preciso conseguir criar um grupo unido, em que que o peso dos coletes não comece logo muito cedo a criar ansiedade. Costumo dizer que só se pode ganhar uma coisa quando os que estão no banco sofrem tanto como os que estão lá dentro. É normal que os comentadores façam as suas análises mas há muitos aspetos que nao conhecem", vincou o selecionador nacional à RTP3.

Concretamente sobre o encontro, Santos realçou que a eficácia voltou às hostes nacionais, embora tenha temido uma repetição do sucedido com a Bulgária depois de Courtois arrancar o jogo com duas estiradas. "Nos primeiros minutos pensei que ia acontecer a mesma coisa, o Courtois fez duas defesas fantásticas. Fizemos na primeira parte um jogo muito bem conseguido, perante uma equipa muito forte. Tivemos sempre o jogo controlado, apesar da posse de bola da Bélgica. Eles tiveram uma ocasião na primeira parte e outra na segunda. Na segunda parte foi diferente, mas a equipa esteve muito bem no controlo do jogo. Quebrámos um pouco mas entrada do William repôs as coisas. Foi uma vitória justa, mas contra a Bulgária não fizemos tudo mal e hoje não fizemos tudo bem. Há coisas que precisamos de continuar a trabalhar. Queremos estar na melhor forma possível quando começar o Europeu", analisou.

Danilo e William em conjunto?

Sublinhando que não existe nenhum plano A ou B, Fernando Santos analisou ainda os momentos em que Danilo Pereira e William Carvalho atuaram em conjunto na segunda parte: "O André Gomes não podia mais, esteve limitado esta semana, e era preciso ganhar altura ali, a equipa belga tem uma estatura enorme. Eles dois podem jogar facilmente a 6 ou a 8."

Por João Socorro Viegas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Seleções

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.