Intruso Margaça já afina a mira à Seleção Nacional

Nasceu na Covilhã mas é internacional cipriota e só pensa em marcar

• Foto: D.R. Record

"Estou de volta! Como é que estão?", ouvia-se no meio do treino de Chipre, em pleno Estádio António Coimbra da Mota. Estranho? Não. Tratava-se de Renato Margaça, de 31 anos, que nasceu na Covilhã e já soma uma internacionalização pela seleção cipriota. Depois de ter representado Alverca, Torreense e Mafra, o médio partiu para Chipre e agora está de regresso para um jogo especial.

"Já lá estou há nove anos. A partir do momento em que fiz oito anos lá, pensei na melhor maneira de retribuir todo o carinho e amor. A única que tenho para agradecer é jogar e ajudar a seleção de Chipre", contou o atleta do Omonia, que ainda recebeu a visita de... Moreira, com quem jogou em Chipre.

Além de lamentar não poder defrontar Cristiano Ronaldo, Margaça garantiu que tem a mira afinada para "um dos jogos mais importantes da carreira". "Quero um livre à entrada da área. Já sabemos que contra Portugal vamos passar alguma parte do tempo a defender. Espero ter a minha oportunidade e, quem sabe, fazer um golo", sublinhou o médio, que ainda não sabe... a quem vai pedir a camisola: "Ainda não sei, mas quero pedir para autografarem. Pode ser com o João Moutinho, com o Nani..."

Por Pedro Gonçalo Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Seleções

Notícias

Notícias Mais Vistas