João Mário e o título no Euro'2016: «Estávamos meio anestesiados, sem saber se era real»

Final contra a França foi "o dia mais feliz" da vida do médio português

João Mário foi esta sexta-feira o convidado do programa 'Planeta Eleven', transmitido no Facebook da Eleven Sports, e abordou vários episódios da carreira. Entre eles, o médio que está emprestado pelo Inter Milão ao Lokomotiv Moscovo lembrou o trajeto da Seleção Nacional rumo ao título no Europeu de França em 2016.

"Desde o primeiro dia acreditávamos que seria possível, mesmo quando as coisas não estavam fáceis. Mantivemos a união e o dia da final contra a França foi, seguramente, o mais feliz da minha vida. Foi um momento único, para o qual não há palavras. O golo do Éder foi a cereja no topo do bolo, foi quando realmente acreditámos que faríamos história. Incrível", afirmou o internacional português, revelando que só "recentemente" reviu essa mesma final contra a França e a meia-final frente ao País de Gales.

"Foi absolutamente fantástico. À noite, após o jogo, estávamos todos meio anestesiados, perguntando se aquilo era real. Só quando chegámos ao aeroporto e vimos o país na rua é que nos apercebemos da alegria que demos a Portugal", reconheceu.

João Mário admitiu ainda que "qualquer jogo com a seleção é muito especial" e destacou o bom ambiente que se vive na Equipa das Quinas. "É notório que, quando os jogadores chegam ao estágio, estão contentes por estar ali, e isso é incrível. Agora que estou no estrangeiro, longe de casa, sinto cada vez mais a seleção", sublinhou. 

Passagem pelo Inter

João Mário deixou o Sporting no verão de 2016 para reforçar o Inter Milão por 40 milhões de euros e a experiência em Itália não correu como o esperado, mas serviu para "aprender e crescer".

"Quando as coisas não correm tão bem, isso marca-te e aprendes com essa experiência. Milão foi muito importante na minha carreira, para me fazer aprender e crescer. As coisas teriam sido diferentes se eu tivesse a mentalidade que tenho hoje, tive de passar por isso para crescer. Não posso dizer que teria feito algo de diferente porque isso só sucede por eu ter passado o que passei em Milão", explicou.

Feliz na Rússia

Esta época, o internacional português leva 15 jogos oficiais pelo Lokomotiv - quatro deles na 'Champions' -, e destaca a "competitividade" do campeonato russo. "Tem 4 ou 5 equipas de um nível muito elevado. Tenho gostado bastante, até porque mesmo os conjuntos da parte de baixo da tabela são muito aguerridos e combativos. Tenho-me divertido aqui", assume João Mário, que depois de ter atuado em Portugal, Itália, Inglaterra (West Ham) e Rússia se assume cómodo com "novos desafios" e revela que "gostaria de experimentar um campeonato diferente, como França ou Espanha".

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Seleções

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0