Jogadores da Seleção Nacional autografam camisolas para ajudar Moçambique

Receitas serão entregues à Cruz Vermelha Portuguesa

Os futebolistas da Seleção Nacional autografaram camisolas que vão ser utilizadas para angariar receitas que permitam ajudar as vítimas afetadas pelo ciclone Idai que assolou Moçambique.

A Cruz Vermelha Portuguesa será a entidade a quem será entregue a receita conseguida pelas camisolas autografadas pelos 24 internacionais às ordens de Fernando Santos.

Esta iniciativa junta-se a outra já anunciada, de um jogo solidário entre as equipas femininas do Sporting e do Benfica, no dia 30, às 16:00, no Estádio do Restelo, em Lisboa, com os bilhetes a custarem 2,5 euros.

A passagem do ciclone Idai em Moçambique, no Zimbabué e no Malawi fez pelo menos 761 mortos, segundo os balanços oficiais mais recentes.

Em Moçambique, o número de mortos confirmados subiu este domingo para 446, no Zimbabué foram contabilizadas 259 vítimas mortais e no Malawi as autoridades registaram 56 mortos.

O ciclone afetou pelo menos 2,8 milhões de pessoas nos três países africanos e a área submersa em Moçambique é de cerca de 1.300 quilómetros quadrados, segundo estimativas de organizações internacionais.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Seleções

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.