Pizzi: «Quero afirmar-me na seleção como me afirmei no Benfica»

Médio luta pela titularidade

A carregar o vídeo ...
Pizzi gostava de ajudar a Seleção numa casa que é "sua"

Titular indiscutível no Benfica, Pizzi afirmou esta quinta-feira que está a "trabalhar muito" por um lugar na seleção portuguesa e assumiu o desejo de realizar o seu primeiro jogo oficial "em casa", ou seja, no Estádio da Luz, frente à Hungria, no próximo sábado (19H45).

"A seleção está recheada de ótimos jogadores em todos os setores, não só a meio campo. Quero afirmar-me na seleção como me afirmei no Benfica, mas o mais importante é estar cá e ajudar em tudo o que for possível. Todos os jogadores têm o objetivo de ajudar o nosso país e eu sou mais um deles", afirmou o médio dos encarnados que soma quatro internacionalizações, tendo sido apenas utilizado em jogos particulares.

Pizzi, de 27 anos, falava aos jornalistas em conferência de imprensa, minutos antes de mais um treino de Portugal, desta vez no Estádio da Luz, em Lisboa, palco do duelo com os húngaros.

"Este estádio é muito importante para mim. É a minha casa e claro que gostava de poder ajudar a seleção frente à Hungria", disse.

Questionado sobre se a pouca utilização de jogadores como João Mário, João Moutinho, André Gomes e Renato Sanches nos respetivos clubes lhe poderá abrir a porta para a titularidade, Pizzi lembrou que a decisão final cabe sempre a Fernando Santos.

"Todos os jogadores têm qualidade para jogar. Se não têm vindo a jogar nos clubes é por opção dos treinadores desses clubes e isso não influencia o selecionador. Eu estou preparado para jogar em qualquer posição que o treinador queira", referiu.

Por Sofia Lobato e Lusa
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Seleções

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.