Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias. Seguir

Roberto Martínez: «João Félix tem uma perceção do espaço e do tempo tão cristalina e tão bonita»

Selecionador nacional deixa elogios ao avançado do Barcelona numa entrevista à Marca

Roberto Martínez deixou rasgados elogios a João Félix. Numa entrevista ao jornal 'Marca', o selecionador nacional destacou a maturidade e os muitos atributos técnicos do avançado do Barcelona, afirmando mesmo que não há muitos jogadores com a sua capacidade.

"Por vezes esquecemo-nos que é um jogador muito jovem. Vejo uma diferença muito grande no Félix desde o período internacional de março. Penso que o futebol britânico, a Premier League, lhe deu muito. Ele cresceu muito no Chelsea. A Premier League é uma liga que, para o jogador estrangeiro, desperta aspetos que não controlamos em ligas como Portugal ou Espanha, que são a segunda bola, a transição, o jogo direto, o jogo parado.... Isso faz de ti um jogador muito mais completo e eu tenho visto isso. E a maturidade", disse o timoneiro da turma das quinas, destacando o impacto que o internacional português teve na chegada à Catalunha.

"Tem um papel muito importante no Barcelona e provavelmente agora o João Félix começa a ter idade para lhe exigir o que lhe foi exigido no passado, mas é um jogador que fica sempre satisfeito com o que pode dar à equipa. Não há muitos jogadores que possam jogar por fora, por dentro, que tenham a capacidade de driblar, de rodar, e que tenham uma perceção do espaço e do tempo tão cristalina e tão bonita. É um jogador que o adepto de futebol gosta muito de ver."

Quanto ao ambiente que se vive no balneário da seleção portuguesa, Roberto Martínez confessou novamente ter ficado surpreendido. "Nunca há dois balneários iguais. O balneário desta seleção surpreendeu-me muito quando conheci o jogador português. É muito competitivo, gosta de ganhar, sabe como ganhar, sabe controlar os momentos importantes de um jogo. Mas o que me surpreendeu ainda mais é que gosta de ter informação tática. São duas variantes que nunca tinha tido antes no mesmo balneário de forma dominante. Normalmente, ou se tem uma equipa muito competitiva ou se tem uma equipa que gosta de pensar muito no jogo e na tática", referiu.
Por Record
3
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Seleções

Morreu Artur Jorge

Antigo selecionador nacional e treinador de Benfica e FC Porto tinha 78 anos

Notícias

Notícias Mais Vistas