Emílio Peixe afirma que "seleção é uma porta de entrada e de saída"

Frisa que os melhores estarão no Mundial de sub-20

• Foto: Miguel Barreira

Emílio Peixe afirmou esta quarta feira que a seleção de futebol é "uma porta de entrada e saída", frisando que não há garantias para nenhum jogador e que só os melhores estarão no Mundial de sub-20.

"Ainda falta muito. O lema, desde sempre, das seleções nacionais é que a seleção é uma porta, quer de entrada quer de saída e não há garantias. A garantia é dada por eles [jogadores] no dia a dia, no trabalho que desenvolvem nos clubes e no contexto de seleção", começou por dizer o selecionador nacional Sub'19.

Após o empate (1-1) no encontro de preparação diante da Coreia do Sul, Emílio Peixe referiu que até ao Mundial, em maio, o trabalho passa por continuar a observar os jogadores, lembrando que só estarão aqueles que alcançarem os níveis desejados.

"Nós [equipa técnica] vamos continuar a avaliá-los e a ajudar aqueles que realmente continuam a ter um desempenho importante... um rendimento acima e ao nível daquilo que se exige na seleção, que é a excelência. Vamos continuar a desenvolver, no sentido de chegarmos na melhores condições ao Mundial", explicou.

O Mundial de sub-20 realiza-se na Coreia do Sul, entre os dias 20 de maio e 11 de junho.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sub19

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0