Rafael Barbosa: «É um grupo muito difícil»

Médio destaca dificuldade em chegar ao Euro'2019

• Foto: Luís Manuel Neves

O médio Rafael Barbosa disse esta terça-feira que Portugal enfrenta uma tarefa "muito difícil" para vencer o grupo 8 de qualificação e chegar à fase final do próximo Campeonato da Europa de futebol sub-21 de 2019, em Itália.

Em conferência de imprensa realizada na Cidade do Futebol, em Oeiras, o jogador do Sporting lembrou esta terça-feira o valor de País de Gales, Suíça, Roménia, Bósnia-Herzegovina e Liechtenstein e expressou a sua satisfação por integrar o lote dos 23 convocados do selecionador Rui Jorge para este novo ciclo da seleção sub-21.

"É um grupo muito difícil. Vamos tentar ganhar todos os jogos. Ainda não fizemos muitos treinos, mas acho que o trabalho está a correr bem", começou por referir o jogador, sem esconder que a sua convocatória "é o reconhecimento de um trabalho árduo" desenvolvido no clube de Alvalade.

Aos 21 anos, Rafael Barbosa procura ainda a primeira internacionalização neste escalão, mas assumiu o sonho de voar mais alto e chegar também à seleção A, tal como alguns dos seus colegas de equipa, nomeadamente Renato Sanches, Rúben Neves e Gonçalo Guedes.

"Olho para os casos do Renato, do Gonçalo e do Rúben. Temos de olhar para eles e acreditar que também podemos lá chegar. Espero daqui para a frente dar o grande salto com muito trabalho e prazer pelo jogo", referiu.

Num dia em que os sub-21 contaram também com a visita de Fernando Santos, na qual o selecionador nacional deixou uma mensagem de motivação e incentivo para a nova fase de apuramento, o jovem médio reconheceu que "a porta da seleção A está aberta", mas destacou a vontade de convencer primeiro o técnico Rui Jorge.

"Quando era mais novo pensava estar aqui. Agora espero impressionar o mister", disse Rafael Barbosa, assegurando não haver rivalidades clubísticas no seio desta equipa: "Trabalhamos todos para o mesmo objetivo que é o Europeu de sub-21."

Na sessão de trabalho desta tarde, à qual foi possível assistir aos primeiros 15 minutos, registaram-se já as presenças de Pedro Amaral, que substituiu o lesionado Yuri Ribeiro, e de João Gamboa, que esteve na segunda-feira em ação no Portimonense-Marítimo (1-2), da quarta jornada da Liga NOS, e que foi o único a treinar à parte, realizando trabalho de recuperação.

A seleção sub-21 volta a treinar na quarta-feira na Cidade do Futebol com vista ao desafio com o País de Gales, agendado para 05 de setembro, em Chaves, a contar para a primeira jornada do grupo 8 de apuramento para o Europeu de 2019.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sub21

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.