Rui Jorge: «É um grupo que dá garantias»

Sub-21 jogam com Gibraltar na quinta-feira

• Foto: Miguel Barreira

O selecionador português de futebol sub-21, Rui Jorge, disse esta quarta-feira que o muito renovado grupo de trabalho lhe dá "garantias" e permite estar otimista com o apuramento para o Europeu de 2021.

"Temos apenas dois dias de treino, mas obviamente que é um grupo de jogadores que já conhecemos. Um grupo que dá garantias, com qualidade técnica e conhecimento tático também. Garantias em relação a este apuramento", disse, na antevisão de duplo confronto.

Portugal estreia-se na quinta-feira em Alverca frente a Gibraltar e, em 10 de setembro, joga em Zhodino, visitando a Bielorrússia: o grupo 7 inclui ainda a Holanda, a Noruega e o Chipre.

Na primeira convocatória, Rui Jorge apresentou 17 novidades no grupo de 23, um rejuvenescimento que, garante, nada teve a ver com maturidade nas suas escolhas: "Em alguns casos é a pecha para não estarem em outros patamares, só a adquirem com o tempo. Por sabermos isso, não é um fator de exclusão."

"O que vemos neles é outra coisa, potencial para atingir um determinado patamar. Com qualidades que apreciamos. A relação com bola, inteligência no jogo, capacidade de jogar coletivamente. Há uma série de fatores que permitem (serem chamados) e a maturidade não é um deles", assegurou.

Frente a Gibraltar, assume que "não há comparação nenhuma entre a qualidade entre as duas equipas", considerando que o único parâmetro em que os opositores se equiparam é "apenas na vontade de dignificar o país".

"Aspetos técnicos e mesmo táticos não há comparação entre as duas equipas. Tenho à minha disposição algo que o selecionador de Gibraltar não tem. Resta-nos o jogo para demonstrar estas palavras, mas não seria sensato de minha parte dizer que estamos perante uma equipa do nosso nível", reconheceu.

Rui Jorge sabe que frente à Bielorrússia vai ter "outras dificuldades", nomeadamente "intervir de outra forma e mais frequentemente em termos defensivos", contudo deixou uma análise mais profunda para momento posterior.

Lamentou a ausência do médio Florentino, do Benfica, lesionado, revelando que foi informado de que não estaria recuperado sequer para o desafio de 10 de setembro.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sub21

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.