Rui Jorge recusa facilitismo frente ao Liechtenstein

Espera vencer mais um jogo

Rui Jorge
Rui Jorge • Foto: Lusa

O treinador da seleção nacional de sub-21 enalteceu, esta sexa-feira, o percurso da equipa das quinas nos últimos anos e recusou qualquer facilitismo diante do Liechtenstein, no sexto jogo de qualificação para o Euro'2017.

"Se este jogo, frente ao Liechtenstein, correr como esperamos, completamos quatro anos e nove meses sem perder um jogo oficial. A Espanha esteve quatro anos e sete meses", começou por dizer Rui Jorge, após anunciar os 23 eleitos para o próximo embate do grupo 4, marcado para 24 de março, nos Açores.

Apesar de lembrar que a função da seleção sub-21 passa por "formar jogadores para a seleção principal", o técnico não coibiu a destacar aquela "marca bonita".

"A nossa função é ajudar a formar jogadores para a seleção principal, mas são marcas bonitas. Para isto acontecer, tem de ser uma equipa forte e difícil de bater. São já três gerações de sub-21 e queremos prolongar esta marca", referiu.

Dessa forma, Rui Jorge garantiu que Portugal não vai facilitar diante do Liechtenstein, embora admitindo que se trata do adversário "mais fraco do grupo".

"O Liechtenstein é a equipa mais fraca do nosso grupo. No entanto, não acredito que, quem tem encarado os jogos como nós, possa pensar de forma diferente. É uma mentalidade que tem sido inerente à seleção. Não temo que isso possa acontecer", disse.

Na mesma conferência de imprensa, que teve lugar na sede da Federação Portuguesa de Futebol, Rui Jorge divulgou os convocados da seleção olímpica para o encontro de preparação com o México, a ser disputado igualmente nos Açores, no dia 28 de março.

A lista inclui os 23 jogadores chamados para os sub-21, aos quais se juntam o guarda-redes José Sá, os defesas Afonso Figueiredo, Hugo Basto, Nélson Semedo, Ricardo Esgaio e Tiago Ilori, o médio João Carlos Teixeira e os avançados Lucas João e Ricardo Pereira.

"Esta seleção olímpica é composta por um grupo que inclui alguns jogadores que estarão connosco pela primeira vez. Vai permitir ter um conhecimento mais próximo deles e premiar os desempenhos que têm tido ao longo deste ano", salientou Rui Jorge.

Contudo, o técnico considerou ser "prematuro" abordar a participação nos Jogos do Rio de Janeiro'2016, uma vez que a seleção ainda não conhece os adversários e não sabe com que atletas poderá contar para a competição.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sub21

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.