i
C- Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do Universo
É o local onde as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Cinco aparelhos de exercício para ter em casa

Se o exercício faz parte dos planos, temos a solução certa para ficar fit sem sair de casa!

Implementar uma rotina de exercício tem muito que se lhe diga. Inscrever-se num ginásio seria até agora a solução mais óbvia. Há máquinas adequadas, há aulas que desafiam a chegar a níveis mais elevados, há um acompanhamento profissional… Neste momento, os ginásios estão fora das opções e o mais provável é que tão cedo não voltemos a um aglomerado de pessoas em espaços fechados.

A solução para manter o corpo a mexer pode passar por investir em alguns aparelhos de exercícios. O investimento inicial até pode ser elevado, mas a médio prazo acaba por compensar.


1. Bicicleta Elíptica
Uma hora neste aparelho pode queimar à volta de 400 calorias e faz com que exercite cerca de 80% dos músculos do corpo. O exercício na elíptica conjuga os movimentos de step, bicicleta, remador e corrida, tudo num único aparelho. Além de ajudar à perda de peso, fortalece os músculos e aumenta a resistência cardiorrespiratória. Para garantir bons resultados, é essencial uma postura correta, sem sobrecarregar os ombros e garantir que os pés estão bem assentes. Para um exercício mais segmentado, as passadeiras ou as bicicletas estáticas também são bons aliados.


2. Pedaleira
É quase como andar de bicicleta, mas no conforto do sofá. A pedaleira é um bom aliado para fortalecer os músculos da parte inferior do corpo, para quem procura exercícios moderados. É fácil de utilizar e de guardar e permite que se possam fazer outras tarefas enquanto cumpre 30 minutos de atividade física diária! Em alternativa, um stepper ou um step board podem ser também bons companheiros para quem quer combater a inércia sem muito esforço.


3. Set de pesos
São, de forma comum, associados a quem quer ganhar massa muscular, mas há mais benefícios do uso de pesos no exercício físico. Aliviar o stress é um deles, bem como corrigir a postura e aumentar a resistência. Além dos tradicionais pesos individuais, a barra de levantamento pode ser uma vantajosa aquisição – assim, pode ir acrescentando pesos para aumentar progressivamente a dificuldade.


4. Roda abdominal
Parece um aparelho simples de forma e que não acrescenta muito ao exercício, mas a roda abdominal é um desafio mesmo para os praticantes habituais de exercício. A lógica é a de, com a força do corpo, controlar o movimento do rolo. Este exercício deve ser feito de forma progressiva, primeiro com uma parede a servir de travão. Exercita os músculos abdominais, de braços, glúteos e pernas. Para os menos aventureiros, os aparelhos para abdominais também ajudam a fazer este popular exercício com a postura adequada e sem prejudicar o corpo.


5. Plataforma vibratória
Talvez seja este o paraíso dos preguiçosos que querem "exercitar sem se mexer". As plataformas vibratórias prometem estimular a maioria dos músculos do corpo, tonificando e emagrecendo, sem ter de ser ativo. Claro que, como não há bela sem senão, ao não se estar a exercitar está apenas a perder peso, e não a aumentar a capacidade cardiorrespiratória e a resistência, ou a diminuir o stress e a ansiedade. Mas se o objetivo for emagrecer ou tonificar, cumpre o requisito. Há também electroestimuladores para braços, pernas, glúteos, peito e abdómen, mas mais uma vez… não fazem todo o trabalho sozinhos!



Texto publicado originalmente no blog ZLife, o espaço digital da Zentiva que o ajuda a cuidar melhor de si

Técnicas para relaxar, conselhos para os cuidadores, dicas para recuperar no pós-treino ou dormir melhor, gestos de proteção, alternativas naturais para cuidados de saúde, são alguns dos temas que podem ser consultados no ZLife. É desta forma que a Zentiva permanece ao lado dos portugueses, promovendo hábitos de saúde e uma aposta numa vida mais prolongada e mais saudável.

Saiba mais em: www.zlife.pt.

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.