Record

José Augusto: «Abriram o jogo e... ganhámos»

vibrou com a vitória de Portugal

José Augusto: «Abriram o jogo e... ganhámos»
José Augusto: «Abriram o jogo e... ganhámos» • Foto: pedro ferreira

José Augusto foi um dos convidados de Record na noite de ontem no Hotel Altis e viveu as incidências do Portugal-Dinamarca com a emoção de sempre. "É a Seleção Nacional, por isso ninguém pode admirar-se de me ver vibrar", recordou o antigo Magriço.

No final da festa, José Augusto considerou que a vitória era "mais do que justa" e deu as suas razões.

Relacionadas

"Portugal foi superior à Dinamarca porque possuiu uma capacidade individual e uma disciplina sectorial que esteve sempre por cima. Conheço muito bem o futebol dinamarquês – foi lá passeado em ombros uma vez –, que adota sempre o mesmo estilo de jogo, muito direto, de trás para a frente", destacou José Augusto antes de apontar um argumento que ajuda a perceber alguma falta de ligação no jogo da Seleção Nacional.

"Mas temos de ver que Portugal jogou com muitos jogadores que atuam em equipas estrangeiras e isso dificulta sempre a criação de rotinas e de um modelo de jogo que o selecionador queira impor, porque não há tempo. O que suplanta isso é a grande capacidade individual e a criatividade dos nossos jogadores."

E deu o melhor de todos os exemplos da noite de ontem.

"O golo do Moutinho é um golo soberbo de execução extraordinária, com um remate fulminante, que resolveu o jogo. Mas houve algo que não quero descurar: na primeira parte o meio-campo da Dinamarca armou um boicote de tal maneira, que o Cristiano Ronaldo nunca se expressou. Na segunda parte abriram mais o jogo, estiveram mais no ataque, e é nessa altura que o golo de Portugal acontece e o Ronaldo tem três ou quatro remates de perigo", sublinhou José Augusto antes de concluir.

"A vitória foi da equipa que jogou melhor, de forma mais segura e consciente do que tinha de fazer. A Dinamarca só apareceu um pouco na parte final. Agora, no Europeu, vamos esperar que tudo corra bem, porque temos qualidade, mas como sempre tudo dependerá do momento de forma dos jogadores", concluiu.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Record da Tudo

Notícias
M