Demba Ba aponta o dedo a Tuchel no PSG-Basaksehir: «Culpou-nos pelo que se passou»

Avançado da formação turca faz dura acusação contra o treinador dos campeões franceses

Demba Ba foi um dos protagonistas na revolta dos jogadores no PSG-Basaksehir, jogo da Liga dos Campeões que foi suspenso e retomado no dia seguinte, e agora aponta o dedo ao treinador adversário, referindo que Thomas Tuchel culpou os jogadores pela situação.

"Ele teve uma discussão com um ou dois jogadores da nossa equipa e basicamente culpou-nos pelo que aconteceu. É problema dele. Não meu. Não é algo que vou dizer em frente às câmeras", afirmou Demba Ba em entrevista ao canal turco TRT World.

"Os jogadores do PSG podiam ter continuado em campo e dizer: não, estamos aqui para jogar. Mas decidiram parar. Alguns dos elementos do PSG, ou um elemento, gostaria que estivesse em frente a uma câmara e explicasse como ele nos tratou. Não aceito isto e nunca vou aceitar e a próxima vez que o vir, vai ouvir. O treinador. Não me vou alongar", referiu.

Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.