Dugarry elogia futebol do Ajax e lembra estilo único do português Toni

Antigo jogador francês diz que futebol agora é muito calculista

• Foto: Getty Images

Internacional francês em 55 ocasiões, Christophe Dugarry deixou esta quarta-feira elogios ao futebol descomplexado apresentado pelo Ajax na Liga dos Campeões, um tipo de jogo que o antigo jogador gaulês admite apreciar e que, no seu entender, pouco se vê no futebol atual. Dugarry vai mais longe e aproveita para recordar a sua carreira, numa análise na qual admite que apenas um treinador lhe deu a liberdade ofensiva que tanto quer ver: o português Toni.

"Nos jogos que tenho visto, mesmo na Liga dos Campeões, vejo demasiados treinadores a procurarem estar bem na defesa. O famoso equilíbrio que mata o futebol, pois é tudo calculado e antecipado... Não entendo quem não quer o risco. Eu quero ver o risco, o desequilíbrio... Afinal de contas, no final apenas uma equipa ganha e pelo menos damos a chance de todos terem prazer. Para além disso, os adeptos vão lá para ver um espectáculo", começou por apontar o antigo médio de 47 anos, à RMC.

"Contudo, ao longo da minha carreira apenas tive um treinador que favorecia o trabalho ofensivo: o Toni, no Bordéus. Foi jogador e treinador no Benfica. Com ele fazíamos trabalho ofensivo específico. Defensivamente também trabalhávamos, mas não era demasiado. Nessa temporada tive prazer em jogar, foi fantástico! Não me lembro da nossa posição, mas acho que não foi má. Nessa equipa tinha o Zizou e um pequeno brasileiro (Valdir). O jogo era uma diversão para nós e creio que para agradar aos jogadores tens de lhes dar isso, algo ofensivo, para se sentirem estimulados. O mesmo se aplica aos adeptos", explicou Dugarry, aludindo à temporada 1994/95, na qual o Bordéus foi sétimo.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.