Falcão já pensa em "vingança" na segunda mão

Avançado colombiano dá mérito a Caballero na defesa do penálti

• Foto: Reuters

Radamel Falcão foi uma das figuras da noite europeia ao marcar dois grandes golos - sobretudo o segundo, num belo 'chapéu' a Caballero -, tendo ainda desperdiçado um penálti num encontro que o Monaco acabou derrotado por 5-3 no reduto do Manchester City. E apesar da desilusão pelo resultado, o antigo jogador do FC Porto continua a acreditar na passagem aos quartos-de-final da Liga dos Campeões. 

"O jogo da 2.ª mão será a nossa vingança. Acreditamos nas nossas hipóteses mas será preciso realizar uma grande exibição", referiu o experiente avançado colombiano, de 31 anos, em declarações divulgadas pelo Twitter oficial do Monaco.

Aos jornalistas presentes na zona mista, Falcão admitiu que "a frustração é grande", lamentando que os monegascos não conseguiram "segurar a vitória" e sublinhando a importância de "preparar melhor o jogo da 2.ª mão", agendado para 15 de março.

"Foi um jogo de loucos, um bom espetáculo para os adeptos", acrescentou o goleador do Monaco sobre a partida no Etihad Stadium, acabando por referir que, no penálti que desperdiçou e que poderia ter alterado o rumo dos acontecimentos, "o mérito é de Willy Caballero".

De regresso à melhor forma - soma 24 golos em 29 jogos esta época -, não faltaram elogios a Falcão no final do encontro. Até mesmo de Vadim Vasilyev, vice-presidente do Monaco. "É um orgulho ver Falcão a este nível e a marcar golos como estes. Sempre acreditámos nele, tal como o treinador", sublinhou o dirigente.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.