Final da Champions realizada com a cobertura fechada

Autoridades galesas confirmam medida para garantir níveis de segurança

• Foto: Reuters

A final da Liga dos Campeões, entre Real Madrid e Juventus, agendada para 3 de junho em Cardiff, vai disputar-se com a cobertura do estádio fechada. A decisão foi anunciada esta sexta-feira em comunicado, tratando-se de uma medida de segurança adicional na sequência do atentado ocorrido em Manchester no início desta semana. 

Será a primeira vez que uma final da Taça/Liga dos Campeões vai realizar-se num recinto com o teto fechado e sob medidas de segurança jamais vistas num evento desportivo. Haverá cerca de 15 mil agentes para garantir a vigilância dentro e fora do Estádio Nacional de Gales - também conhecido por Principality Stadium (antigo Millennium Stadium) -, estando mesmo prevista a utilização de um sistema de reconhecimento facial.

Será ainda criado um cordão de segurança de dois quilómetros, no qual entrará apenas quem tiver bilhete para o encontro ou estiver a trabalhar no âmbito da final. As rigorosas medidas de segurança começarão a aplicar-se a 1 de junho, data que marca o arranque do Festival da Champions.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas