Finalistas querem 30 mil bilhetes para cada um

UEFA só atribui 18 mil a cada clube

• Foto: Getty Images

Real Madrid e Atlético Madrid não aceitam receber apenas 18 mil bilhetes cada um para a final da Liga dos Campeões, em Milão. Os dois clubes espanhóis querem subir este número para 30 mil entradas, número para já colocado de parte pela UEFA.

O organismo que tutela o futebol europeu definiu há meses que os finalistas teriam direito a 18 mil ingressos cada. Sendo que a lotação do Estádio Giuseppe Meazza ronda os 80 mil lugares, os restantes 44 mil ficariam para a UEFA comercializar, oferecer ou disponibilizar aos patrocinadores da prova.

Ángel María Villar, presidente da Federação espanhola e da UEFA, já ouviu as queixas dos clubes e está disposto a pressionar os outros responsáveis em Nyon para que aceitem o pedido, segundo escreve o diário "As".

Recorde-se que merengues e colchoneros mediram forças na final da Champions há dois anos, no Estádio da Luz, e na altura receberam precisamente 18 mil bilhetes. Ora, a lotação em San Siro significativamente superior à do palco lisboeta, pelo que Real e Atlético não entendem que a quantidade de entradas não sofra uma inflação.

A final da Liga dos Campeões está agendada para o dia 28 de maio.

Por Luís Miroto Simões
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0