Jupp Heynckes, treinador do Bayern Munique, quer ver a sua equipa na máxima força na quarta-feira diante do Besiktas, isto apesar de ter ganho a primeira mão dos oitavos-de-final por 5-0.

"Há sempre detalhes que podem ser aperfeiçoados. Temos vários jogadores experientes. Apesar dos 5-0 da primeira mão, temos de começar o jogo com intensidade e eles estão avisados disso", frisou.

O técnico pode tornar-se no primeiro treinador a conseguir 11 vitórias consecutivas na Liga dos Campeões, mas não é algo que lhe desperte grande interesse: "Os treinadores pensam de forma diferente dos media. Pelos vistos tenho um recorde de jogos a marcar em casa, mas só soube disto quando o Lewandowski ficou à beira desse recorde. Para mim, a questão é mais sobre jogar futebol, ver a minha equipa a melhorar e oferecer um bom espetáculo. Nada de recordes ou estatísticas".

Sobre o ambiente que espera a equipa em Istambul, Heynckes referiu que os bávaros gostam: "Já jogámos com grandes ambientes, em casa do Celtic ou do Nápoles, e amanhã também vai ser assim. Vamos jogar perante adeptos que respiram com a sua equipa, que a empurra para a frente. Estamos ansiosos".

Autor: Luís Miroto Simões