Jardim sem medo de novo fracasso

Monaco está obrigado a vencer o Fenerbahçe de Vítor Pereira para avançar para o playoff

• Foto: Fernando Ferreira

Depois de na temporada passada ter falhado o acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões, ao ser eliminado pelo Valencia no playoff, o Monaco precisa de vencer hoje em casa o Fenerbahçe de Vítor Pereira para evitar um novo fracasso europeu – perdeu em Istambul por 2-1. Mas Leonardo Jardim rejeita a pressão e está confiante no apuramento.

"Temos o destino nas nossas mãos. Esta semana trabalhámos bem e corrigimos os erros que cometemos no jogo da 1ª mão. Na Turquia fomos melhores no plano ofensivo do que defensivo. Vamos encarar este encontro com a responsabilidade que um jogo europeu acarreta. Sabemos da importância desta competição para o projeto do clube", analisou o madeirense de 42 anos.

"Temos 90 minutos para conseguir o resultado que queremos. Não podemos entrar em campo de forma ansiosa. De certeza que vai ser uma partida equilibrada, onde os erros serão bem caros. Vai ser uma final. Temos a obrigação de ganhar, mas não de uma forma negativa. Precisamos apenas de um golo e de não sofrer nenhum. Podemos marcar na primeira ou na segunda parte. Temos é de estar sempre equilibrados", sublinhou Jardim, que convocou os compatriotas Bernardo Silva e Ivan Cavaleiro, no dia em que João Moutinho se apresentou ao serviço, depois da participação no Europeu pela Seleção Nacional.

Pragmatismo de Pereira

Em vantagem na eliminatória, Vítor Pereira explicou as suas ideias sobre este duelo. "Temos de ser pragmáticos. Queremos vencer mas vamos defrontar uma grande equipa. Temos de aproveitar todas as oportunidades", desejou.

Por Diogo Jesus
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas