João Mário: «Os meus colegas pediram-me que dissesse ao Cristiano para ter calma connosco»

Médio do Lokomotiv Moscovo perspetivou o encontro desta terça-feira com a Juventus

• Foto: Reuters

O Lokomotiv Moscovo, de João Mário e Éder Lopes, visita esta terça-feira o reduto da Juventus, de Cristiano Ronaldo, em jogo a contar para a 3.ª jornada do grupo D da Liga dos Campeões.

Em entrevista à edição em papel do 'Tuttosport', o ex-jogador de Sporting e Inter afirmou que a formação russa está preparada para defrontar o atual campeão italiano e revelou ainda um pedido curioso feito pelos companheiros de equipa aquando da sua chamada à seleção portuguesa.

"Acompanhei alguns jogos deles, é uma equipa que quer jogar, que tem mais bola. Temos que apostar num bloco mais baixo, porque se jogarmos de igual para igual, o jogo pode não correr bem. Vamos com certeza ter de apostar em contra-ataques rápidos e de qualidade para tentar marcar. Os meus colegas, quando souberam que tinha sido chamado à seleção, pediram que dissesse ao Cristiano para ter calma connosco. Ele está super motivado e vai jogar a 200% contra nós pelo que será difícil pará-lo", referiu o internacional português.

Regresso à seleção

"Como já disse, o meu objetivo era mesmo este de jogar com continuidade para poder ser uma opção para a seleção, poder jogar a qualificação para o Euro e estar presente no Europeu na próxima época. É claro que jogar como tenho jogado, até agora fui sempre titular, com a exceção do primeiro jogo, ajuda. Estar aqui, jogar na Champions também é muito importante. Fiquei muito feliz e orgulhoso por ter regressado, o ambiente na seleção é fantástico e a verdade é que me sinto muito bem no grupo. Quando não estás ali, sentes-te mal por não estares, sentes falta. Estou muito feliz e só quero agradecer a confiança no meu trabalho"

As diferenças do grupo presente no Euro'2016 e no presente Europeu

"Acho que seria um pouco injusto comparar os dois grupos, porque esta seleção tem tantos jovens. Somos só sete ou oito jogadores os que estiveram no Euro em França. Esta é uma seleção diferente, com tanta qualidade sem dúvida, mas existem outras seleções também elas de grande qualidade. Agora não somos candidatos ao título, mas certamente não passa pela cabeça de ninguém que Portugal não vá estar no Euro. Primeiro vamos pensar no apuramento, depois quando estás ali e passas a primeira fase, tudo pode acontecer" 

Reencontro com Cristiano Ronaldo na Seleção 

"Dei-lhe os parabéns pelo 700.º golo. Não há muito a acrescentar quando jogas ao lado de um atleta que já marcou 700 golos na carreira e que podemos considerar o melhor da história do futebol. Ronaldo é incrível, parece sempre mais jovem, porque a mentalidade que tem faz toda a diferença. Até que idade pode jogar? Não sei, mas no caso de Ronaldo acho que devemos esquecer essa questão da idade, porque quer ao nível físico como mental e com os cuidados que tem com o corpo e com a preparação, ele está muito bem conservado. Parece realmente ter 25 anos, está melhor do que muitos jogadores mais jovens do que ele. Eu penso que ele pode jogar mais cinco anos de alto nível, até mais, não sei, mas aposto as minhas fichas que vai estar no Mundial do Qatar (2022)", finalizou.

Por Sérgio Magalhães
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.