Legia proibido de vender bilhetes para Dortmund

Devido aos incidentes em Madrid

• Foto: EPA

O Comité de Controlo, Ética e Disciplina da UEFA proibiu esta sexta-feira o Legia Varsóvia de vender bilhetes para o jogo com o Borussia Dortmund, na Alemanha, da Liga dos Campeões, após os incidentes em casa do Real Madrid.

O Legia Varsóvia, que integra o grupo F da Liga dos Campeões, juntamente com Borussia Dortmund, Real Madrid e Sporting, além de se apresentar na Alemanha, no próximo dia 22, sem o apoio dos adeptos, foi ainda multado em 80 mil euros.

A sanção aplicada ao clube polaco, que ocupa a última posição do grupo, com um ponto, alcançado em casa com o Real Madrid (3-3), num jogo que decorreu à porta fechada, inclui ainda a pena suspensa, durante um ano, de dois jogos fora de casa sem adeptos.

A decisão da UEFA resulta após a análise dos distúrbios causados pelos adeptos do Legia Varsovia perto do Estádio Santiago Bernabéu, em Madrid, a 18 de outubro, antes da derrota com o Real (5-1), para a terceira ronda do grupo F da Liga dos Campeões.

Este é o segundo castigo aplicado ao Legia Varsóvia na mesma época, dado que o clube polaco já tinha recebido o Real Madrid à porta fechada, após os incidentes registados na receção ao Borussia Dortmund (0-6), a 14 de setembro, para a primeira jornada.

Em causa estão cânticos xenófobos e racistas proferidos pelos ultras do Legia Varsóvia, desacatos com a autoridade, rixas e o arremesso de objetos e de engenhos pirotécnicos.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.