Pochettino está a viver um sonho... mas não quer ficar por aqui

Argentino aponta à "lua" e "para lá do infinito"

• Foto: Action Images

No Tottenham desde 2014, Mauricio Pochettino assume que na presente temporada está a viver um sonho, com a chegada às meias-finais da Liga dos Campeões, uma fase de uma prova europeia à qual o clube não chegava desde 1983/84 (na altura foi na Taça UEFA). Um sonho que o argentino quer continuar a viver quando na terça-feira, pelas 20 horas, iniciar a disputa do acesso à final da prova diante do Ajax.

Aí estão as 'meias' da Champions
"Estou a viver o meu sonho. Já o estou a viver... Há cinco anos estar numas meias-finais da Champions era claramente um sonho. Quando sonhas, tens de sonhar com a lua. Tens de colocar os teus limites para lá do infinito. Se colocas os teus sonhos aqui em baixo, é como uma garrafa sem água", disse, de uma forma bastante peculiar, o treinador argentino, que neste duelo terá de se 'safar' com uma equipa marcada por algumas ausências.

Harry Kane, Harry Winks e Erik Lamela serão baixas por lesão, ao passo que Son Heung-min está suspenso. Tudo isto na sequência de um fim de semana com dérbi diante do West Ham, que acabou numa inédita derrota caseira, em contraste com a 'folga' que o Ajax teve, por determinação da Federação holandesa, algo que Pochettino considera dar vantagem aos holandeses. Ainda assim, o argentino garante que isso não pode ser desculpa.

"A possibilidade de jogar uma meia final não surge muitas vezes para o Tottenham. As circunstâncias são impossíveis de mudar. É impossível estar cansado, é impossível não estar entusiasmado. Não tenho qualquer dúvida de que teremos a energia necessária", frisou.

Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas