Quique Setién espera receber o Nápoles em Camp Nou e critica eliminação em jogo único

Treinador do Barcelona falou da "importância de preparar mentalmente os jogadores para não bloquearem nos jogos"

O treinador do Barcelona disse esta quinta-feira que espera receber o Nápoles na Catalunha, na segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, e manifestou-se contra a fase final a eliminar num só jogo.

"Acho que é pior. Não apenas para o Barça, mas para todos, porque em dois jogos há a possibilidade de corrigir um acidente", disse Quique Setién, na conferência de imprensa prévia ao jogo com o Sevilha, referente à 30.ª jornada da Liga espanhola.

A UEFA formalizou na quarta-feira o formato da fase final da Liga dos Campeões, interrompida por causa da pandemia de covid-19, com a disputa de apenas um jogo para quartos de final, entre 12 e 15 de agosto, e das meias-finais, em 18 e 19, em Lisboa, onde vai ser jogada a final, em 23.

"As circunstâncias são o que são. A UEFA decidiu e nós temos de nos adaptar. Há muitas coisas novas pelas quais estamos a passar e esta será mais uma", acrescentou Setién, que realçou a "importância de preparar mentalmente os jogadores para não bloquearem nos jogos".

Quatro equipas já se classificaram para os quartos de final da Liga dos Campeões - Paris Saint-Germain, Leipzig, Atalanta e Atlético Madrid - mas outras quatro ainda têm de disputar a segunda mão dos oitavos.

O bicampeão e líder da Liga espanhola é uma delas, tendo empatado 1-1 em Nápoles, em 25 de fevereiro, quando o belga Mertens deu vantagem aos italianos, aos 30 minutos, e o francês Griezmann empatou para os espanhóis, aos 57.

Apesar da decisão de disputar a 'final a oito' em Lisboa, o Comité Executivo da UEFA deixou em aberto a possibilidade de os quatro jogos restantes dos 'oitavos' serem disputados nos campos dos clubes ou em Portugal, nas cidades de Porto ou Guimarães.

"Espero jogar o nosso jogo contra o Nápoles aqui [Barcelona]. Já jogámos em casa deles, com muitos adeptos a torcerem pela equipa, então, agora, se jogarmos em terreno neutro e ainda por cima à porta fechada, seria muito diferente", considerou Setién.

A principal competição continental de clubes foi suspensa em março, devido à pandemia de covid-19, quando faltavam disputar os jogos da segunda mão Manchester City-Real Madrid (2-1), Juventus-Lyon (0-1), FC Barcelona-Nápoles (1-1) e Bayern Munique-Chelsea (3-0).

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0