Ronaldo: «Dizem que vai ser fácil, mas o Liverpool lembra-me o Real de há uns anos»

Internacional português pode estar à beira de fazer história na final da Champions

Cristiano Ronaldo poderá estar à beira de conquistar a sua quinta Liga dos Campeões, uma possibilidade na qual prefere nem pensar. No 'Open Day' organizado esta terça-feira no Real Madrid, em vésperas da final da Champions (sábado, frente ao Liverpool, às 19H45), o internacional português mostrou-se cauteloso com as expectativas, sublinhando que o mais importante é a equipa "estar bem".

Caso o Real Madrid vença a final, em Kiev, CR7 conseguirá o seu quinto título, o quarto com a camisola dos merengues, e ficará a apenas um do recorde de Francisco Gento, detentor de seis Champions.

"Seria um momento histórico. Estamos motivados. Vejo o que se tem passado durante a semana. Nem temos consciência de que é histórico. E é melhor assim porque estamos focados no jogo. Assim, depois, se tudo sair bem, vamos entrar na história. Estou confiante, sinto-me bem, sinto que os meus companheiros estão bem. Se ganhasse a quinta, seria fantástico. Esta competição motiva-me. Quero estar bem no sábado, jogar bem e, se possível, marcar golos, mas o importante é ganhar e fazer história", afirmou.

E prosseguiu: "As finais são sempre especiais, é indiferente o adversário. Se estão ali é porque tiveram os seus méritos. Ouço dizer que, para nós, vai ser uma final fácil, mas o Liverpool recorda-me o Real Madrid de há quatro ou cinco anos: os três jogadores da frente são muito rápidos. Respeito-os muito mas acho que somos melhores".


Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Liga dos Campeões

Notícias

Notícias Mais Vistas